Institucional > FIEP

Programa oferece almoço a R$ 1 a população carente de Araucária

Comunidade do Jardim Arvoredo, em Araucária, podem almoçar a R$ 1 através de uma parceria entre prefeitura, grupo Gerdau, Sistema Fiep e Risotolândia

Os moradores do Jardim Arvoredo, de Araucária, na região metropolitana de Curitiba, têm desde a última quinta-feira (22), um lugar para fazer refeições de qualidade e saborosas ao preço de R$ 1,00. É o Restaurante Comunitário Prato Popular, programa lançado no município através de uma parceria entre a prefeitura, a empresa gaúcha Gerdau, o Sesi Paraná e a Risotolândia.

O objetivo principal do Prato Popular é fornecer à população carente alimentação equilibrada garantindo suporte protéico e calórico suprindo, no mínimo, 40% das necessidades diárias. O Prato Popular é composto por arroz e feijão, uma porção de salada, um complemento – macarrão com molho, por exemplo -, e uma opção de carne.

Para que o programa fosse instalado, cada parceiro ficou responsável por uma ação. A prefeitura cedeu o espaço; a Gerdau fez a adequação do local, providenciando os utensílios e equipamentos, além de bancar o custo total das refeições; a Risotolândia fornece as refeições, e o Sesi Paraná é o responsável pelo cadastramento e monitoramento diário dos usuários do restaurante.

O Sesi também estará implementando no bairro cursos de capacitação para alimentação saudável através do Cozinha Brasil e cursos para formação de renda.”Com o monitoramento diário o Sesi irá traçar o perfil sócio-econômico da população usuária para, assim, direcionar ações de responsabilidade social como geração de renda para o desenvolvimento social do bairro”, afirma José Antonio Fares, diretor executivo do Sesi. A entidade foi solicitada como parceira por já realizar mapeamentos em diversas comunidades do Paraná que servem como base para o direcionamento de ações de responsabilidade social das empresas.

O Restaurante Comunitário Prato Popular está disponível para toda a comunidade do Jardim Arvoredo por tempo indeterminado. Qualquer cidadão pode se dirigir ao local e almoçar ao custo de R$ 1,00.

About Author