Institucional > FIEP

Menos Imposto

Fiep e Fiesp articulam movimento pelo fim da CPMF

Fiep e Fiesp articulam movimento pelo fim da CPMF


Campanha tem participação de entidades empresariais e da sociedade civil


Os presidentes das Federações das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Rodrigo da Rocha Loures, e de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, estão articulando um movimento nacional pelo fim da cobrança da CPMF. A campanha Mais Brasil Menos Impostos está coletando assinaturas de entidades empresariais e da sociedade civil de todo o Brasil no documento Manifesto da Sociedade Brasileira contra a Manutenção da CPMF. Já foram coletadas perto de 140 mil assinaturas.


“O Brasil precisa encontrar uma solução urgente para o enorme volume de taxas e tributos cobrados”, afirma o presidente da Fiep, Rodrigo da Rocha Loures. Ele diz que o fim da CPMF é apenas um item de desoneração da produção, mas afirma que o Brasil necessita promover com urgência uma ampla reforma tributária. “A excessiva carga de impostos pesa sobre as empresas e tira sua competitividade, comprometendo a geração de emprego e renda no País”, adverte.

A campanha Mais Brasil Menos Impostos lembra que a CPMF surgiu em 1996 para ser apenas uma contribuição provisória para salvar a saúde pública. “Passados 11 anos de sua criação, corremos o risco de que a cobrança se torne definitiva, contrariando o desejo da população brasileira, que quer ser desonerada”, afirma o manifesto. O abaixo-assinado é contra a suposta necessidade de prorrogação, pelo governo, da vigência da CPMF.


A adesão à campanha, com a assinatura do manifesto, pode ser feita on line acessando: http://cpmf.fiepr.org.br.

About Author