Núcleo de Dramaturgia Sesi Paraná traz o premiado Luis Alberto de Abreu

Autor faz palestra terça-feira (30), no Teatro José Maria Santos, aberta ao público e entrada gratuita

clique para ampliar Autor faz palestra terça-feira (30), no Teatro José Maria Santos, aberta ao público e entrada gratuita (Foto: Divulgação)

O premiado dramaturgo Luis Alberto de Abreu, autor de mais de cinqüenta peças teatrais, entre as quais a antológica “Bella Ciao”, e dos roteiros das minisséries “Hoje é Dia de Maria” e “A Pedra do Reino”, vem a Curitiba a convite do Núcleo de Dramaturgia Sesi Paraná.

Na terça-feira (30) ele profere a palestra “O Dramaturgo Contemporâneo, Sua Arte e Seu Imaginário”. O encontro, que acontece no Teatro José Maria Santos, a partir das 20 horas, é  aberto ao público e a entrada, gratuita. Na mesma semana, de quarta a sexta-feira (01 a 03 de julho), Luis Alberto de Abreu ministrará workshop exclusivo para os participantes do Núcleo de Dramaturgia Sesi Paraná.

Criado neste ano, o Núcleo de Dramaturgia Sesi Paraná é uma iniciativa pioneira no Estado para formar novos autores de peças teatrais. As duas primeiras turmas, composta por 40 participantes, iniciaram as  atividades em março. “O workshop ministrado por Luis Alberto Abreu é uma atividade complementar da formação”, explica a coordenadora de Cultura do Sesi-PR, Anna Zétola. 

Mambembe, Moliére e Shell – Luis Alberto de Abreu foi mencionado como um dos mais importantes dramaturgos da atualidade, pela publicação espanhola “Escenários de Dos Mundos – Inventário Teatral de Iberoamérica”.

Paulista de São Bernardo do Campo, Luis Aberto de Abreu recebeu quatro prêmios da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), duas vezes o Prêmio Mambembe do Instituto Nacional de Artes Cênicas, o Prêmio Molière da Companhia Air France, Prêmio Estímulo de Dramaturgia para desenvolver o projeto de pesquisa sobre Comédia Popular Brasileira, o Prêmio Apetesp, o Panamco e Prêmio Shell (2004).

Da sua extensa produção, além de Bella Ciao, destacam-se as peças Cala a Boca Já Morreu, A Guerra Santa, O livro de Jó, Um Trem Chamado Desejo, Borandá e Memória das Coisas. Abreu é também um difusor do ensino e sistematização da dramaturgia, tendo sido um dos idealizadores da Escola Livre de Teatro de Santo André, em 1991, no qual foi um dos professores, coordenando o núcleo de dramaturgia.

Teatro Guaira – Concebido e realizado pelo Sesi-PR, o Núcleo de Dramaturgia Sesi Paraná é coordenador pelo dramaturgo curitibano Marcos Damaceno e integra a série de programas e ações da entidade para abrir aos trabalhadores das indústrias e à comunidade em geral o acesso a conhecimento e bens culturais.

A formação dos novos autores se dá por meio de workshops ministrados pelo dramaturgo carioca Roberto Alvim e também oficinas, palestras e encontros realizados ao longo do ano, por autores de renome nacional, como a paulista Marici Salomão.

O Núcleo de Dramaturgia tem o apoio do Sindicato das Indústrias de Áudio Visual do Paraná e a parceria do Centro Cultural Teatro Guaira, que cede um de seus espaços – o Teatro José Maria Santos, para as atividades de formação de novos autores.

O projeto é inspirado no Núcleo de Dramaturgia Sesi São Paulo – British Council, que foi lançado em 2007. O Conselho Britânico presta apoio cultural, trazendo para palestras em Curitiba os dramaturgos que vêm ao Brasil para participar das atividades do Núcleo de São Paulo. Uma das ações realizadas com apoio do British Council foi a mesa-redonda realizada, em abril, com as diretoras Roxana Silbert e Tessa Walker, ambas da Paines Plough, uma das mais importantes companhias de teatro da Inglaterra, e o brasileiro Roberto Alvim.

 

About Author