Coluna > Coluna semanal

Estreitando as relações entre Paraná e Japão

Fiep sedia a 20ª Reunião Conjunta do Comitê de Cooperação Econômica Brasil-Japão, um dos mais importantes eventos empresariais bilaterais em que o país está envolvido

Sempre preocupada em oportunizar possibilidades de negócios que fortaleçam o setor produtivo e a economia paranaenses, a Fiep promove constantemente ações que aproximem a indústria do Estado de potenciais parceiros internacionais. Nesta segunda e terça-feira (28 e 29), a entidade recebe mais um encontro com esse objetivo. É a 20ª Reunião Conjunta do Comitê de Cooperação Econômica Brasil-Japão, um dos mais importantes eventos empresariais bilaterais em que o país está envolvido, que tem a intenção de ampliar as relações econômicas entre as duas nações, com foco nos fluxos de comércio e atração de investimentos.

O encontro é promovido anualmente pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e sua congênere japonesa Keidanren, acontecendo alternadamente, um ano em cada país. Em 2017, a Fiep se candidatou para sediar a reunião, em que são esperados 400 participantes, sendo 250 brasileiros e 150 japoneses – a grande maioria, lideranças empresariais. Participam ainda ministros de Estado e diversos representantes das esferas governamentais. Pelo governo brasileiro, estarão presentes o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, e o ministro substituto do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge de Lima.

Durante os dois dias de evento, serão debatidos diversos temas que interferem diretamente nas relações comerciais e de investimentos entre Brasil e Japão. Eles vão desde o panorama econômico dos dois países até questões como infraestrutura de transportes e política industrial. CNI e Keidanren também aproveitam o encontro anual para defender o avanço de um acordo bilateral de comércio entre os governos brasileiro e japonês.

Apresentando o Paraná

Mais do que simplesmente sediar o encontro, a Fiep vai aproveitar a reunião conjunta do comitê de cooperação para estreitar as relações do Paraná com o Japão. Relações já bastante significativas, especialmente por que o Estado conta com uma das maiores colônias de descendentes de japoneses do Brasil. Tem, ainda, diversas multinacionais do país asiático instaladas em seu território, que contribuem de maneira importante para a economia e a geração de empregos.

As relações comerciais também são significativas, com o Japão sendo o 9º principal destino dos produtos paranaenses. Em 2016, o fluxo de comércio entre Paraná e Japão, contabilizando exportações e importações, totalizou quase US$ 500 milhões. Para alavancar ainda mais os negócios com o país, a Fiep apresentará às lideranças empresariais japonesas as potencialidades do Paraná. A entidade vai ressaltar os diferenciais que fazem do Estado um dos melhores locais para investimentos no Brasil. O evento vai possibilitar, também, o estabelecimento de relacionamentos entre empresários paranaenses e japonesas com vistas à geração de novos negócios para a indústria local.

Prioridades
Principais temas que serão tratados na 20ª Reunião Conjunta do Comitê de Cooperação Econômica Brasil-Japão

  • Panorama econômico do Japão e do Brasil e perspectivas para reforma
  • Comércio e investimento
  • Ambiente e oportunidades de negócios
  • Estratégia e política industrial
  • Agronegócio e infraestrutura
  • Recursos naturais e energia

About Author