Sistema Fiep apresenta mais de 30 cursos de pós-graduação no Paraná

Alguns cursos estão com vagas abertas e o período de matrículas vai até março de 2018

Um estudo recente da empresa Produtive, especializada em consultoria de carreiras, aponta que a remuneração de quem fez uma pós-graduação é maior do que alguém que tem o diploma universitário. De acordo com o estudo, a diferença salarial de um pós-graduado (lato sensu) para um graduado chega quase a ser de 75%. A pós-graduação é ideal para aqueles que buscam o aperfeiçoamento de novas práticas e também especializações em determinadas áreas. O Sistema Fiep, por meio das Faculdades da Indústria, oferece mais de 30 cursos de pós-graduação, entre eles Gestão da Manutenção Industrial, Direito Empresarial Aplicado e Robótica com Ênfase em Tecnologia da Educação. Inscrições podem ser feitas no site.

O gerente de Operações do Sistema Fiep, Fabricio Lopes, explica que as Faculdades da Indústria têm cursos de pós-graduação direcionados para quem quer trabalhar na indústria e entender na teoria e na prática o que o mercado exige. “Existe o diferencial de cursos com grade curricular condizente com o que a indústria demanda atualmente. Tudo o que o aluno aprende em sala está relacionado a desafios que enfrentará na realidade das empresas. Além disso, as parcerias internacionais mantidas com universidades estrangeiras podem abrir caminho para carreiras de sucesso.”

O pré-requisito para fazer a inscrição é ter o ensino superior completo. Além disso, o candidato também passa por um processo seletivo, com entrevista e avaliação de currículo. Alguns cursos ainda estão com inscrições abertas no site www.faculdadesdaindustria.org.br/pos-graduacao e o encerramento do período de matrículas vai até março de 2018.

Por que investir em carreiras dentro da indústria?
Entre julho e setembro de 2017, a taxa de desemprego caiu 12,4%, de acordo com o IBGE. A queda é motivada pelo aumento do número de pessoas trabalhando por conta própria, mas a indústria também tem papel fundamental na retomada do trabalho formal. Segundo a Confederação Nacional das Indústrias (CNI), de janeiro a setembro de 2017, dos 208 mil postos de trabalhos formais, 81 mil foram da indústria da transformação. O número de contratações voltou a crescer nas fábricas e a qualificação técnica e profissional torna-se essencial para ingressar na indústria.

SOBRE O SISTEMA FIEP

O Sistema Fiep é composto pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL). As instituições trabalham integradas em prol do desenvolvimento industrial. Com linhas de atuação complementares, realizam a interlocução com instâncias do poder público, estimulam o fomento de negócios nacionais e internacionais, a competitividade, a inovação, a tecnologia e a adoção de práticas sustentáveis, e oferecem serviços voltados à segurança e saúde dos trabalhadores, à educação básica de crianças, jovens e adultos, à formação e aperfeiçoamento profissional, à formação de nível superior, além de capacitação executiva. As Faculdades da Indústria têm se firmado como organização que contribui para o desenvolvimento das indústrias e o desenvolvimento da sociedade. Sistema Fiep, nosso i é de indústria.

About Author