Campagnolo apresenta status de projetos do Sistema Fiep ao prefeito de Curitiba

O presidente da entidade se reuniu com Rafael Greca nesta terça-feira (31)

Greca e Campagnolo se cumprimentam durante encontro na prefeitura (Foto: Thiago André/SMCS)

O presidente do Sistema Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, reuniu-se, nesta quarta-feira (31), com o prefeito de Curitiba, Rafael Greca. Em pauta, obras de adequação que a entidade vem realizando em algumas de suas unidades e também de novas estruturas que estão sendo construídas no município para reforçar o ensino profissionalizante e a pesquisa e inovação para a indústria.

Um dos principais assuntos tratados foi o andamento da construção do Centro de Educação Profissional Dr. Celso Charuri. A edificação fica na Rua Paula Gomes, no bairro São Francisco. O centro é fruto de uma parceria do Sistema Fiep com o movimento Pró-Vida. O edifício terá área total de 6.585,10 m², com 10 salas de aula e 15 laboratórios que serão utilizados para oferta de cursos profissionalizantes do Senai. A estrutura terá capacidade para atender até 1,7 mil alunos por dia. A estrutura terá ainda um centro cultural do Sesi, que será aberto à comunidade. A estimativa é que a nova unidade entre em operação no segundo semestre de 2018.

Para o prefeito, a unidade será uma importante contribuição para a revitalização do bairro, localizado na região histórica da capital. “A localização é muito bonita, ao lado da Capela Luterana Igreja de Cristo, construída no princípio do século 20”, comentou Greca. “Será um legado interessante para a cidade, funcionando como liceu de artes e profissões e um grande centro cultural”, completou.

Campagnolo também atualizou o prefeito sobre a construção do novo prédio do Instituto Senai de Inovação em Eletroquímica, que está sendo erguido no Campus da Indústria do Sistema Fiep, no Jardim Botânico. O instituto desenvolve pesquisas para a implantações de inovações em parceria com indústrias.

Com área de 29 mil m², o novo edifício fica próximo à região que vem sendo chamada como Vale do Pinhão, espaço que pretende criar um novo ecossistema de inovação em Curitiba. “Nossos projetos estão bem integrados com a visão do prefeito de resgatar o patrimônio histórico, mas ao mesmo tempo olhar para o futuro”, afirmou o presidente do Sistema Fiep.

Também participaram da reunião o gerente-executivo Jurídico, de Riscos e Compliance do Sistema Fiep, Marco Antônio Guimarães, o engenheiro da entidade, Cláudio Mafra, o secretário do Governo Municipal, Luiz Fernando Jamur, o secretário Municipal do Urbanismo e Assuntos Metropolitanos, Júlio Mazza de Souza, e o vereador Pier Petruzziello.

About Author