Coluna > Coluna semanal

Uma rede pela integridade empresarial

Para disseminar a cultura de integridade e transparência na indústria do Paraná, foi lançada a Rede Paranaense de Compliance

Desde 2013, com a promulgação da Lei Anticorrupção Empresarial, programas de compliance passaram a fazer parte da rotina de muitas companhias brasileiras. Um tema que ganhou ainda mais visibilidade após as investigações da operação Lava Jato, iniciadas no ano seguinte, terem revelado o envolvimento de diversas empresas em esquemas de corrupção – que resultaram, inclusive, na prisão de altos executivos.

Em resumo, compliance é o conjunto de ações implantadas por uma empresa ou instituição para possibilitar que se cumpram plenamente as normas legais e regulamentares, as políticas e as diretrizes estabelecidas para o negócio e para suas atividades. As práticas de compliance tem o objetivo, ainda, de evitar, detectar e tratar qualquer desvio ou inconformidade que possa ocorrer na atuação da empresa e seus colaboradores.

Troca de experiências
Apesar de o conceito de compliance ter se disseminado nos últimos anos, a implantação de medidas efetivas nessa área ainda está longe da ideal. A terceira pesquisa Nível de Maturidade em Compliance nas Empresas Brasileiras, realizada em 2017 pela consultoria ICTS Protiviti, contou com a participação de 1.417 companhias, de todos os portes. Dessas, 45% ainda apresentam nível de compliance baixo e situação de extrema exposição a riscos de corrupção.

Para o Sistema Fiep, disseminar a cultura de integridade e transparência na indústria do Paraná é fundamental. Por isso, além de todas as ações já desenvolvidas nesse sentido, na última quarta-feira (21) foi lançada a Rede Paranaense de Compliance. Ela é coordenada pela Gerência Executiva Jurídica, de Riscos e Compliance da instituição, em parceria com o CIFAL Curitiba e o Unitar, organismos das Nações Unidas. A Rede vai reunir indústrias e organizações que já adotam medidas de combate à corrupção para a troca de experiências de boas práticas de integridade e compliance.

O Sistema Fiep também promove, a partir desta semana, eventos com o objetivo de despertar ainda mais nas indústrias o interesse pelo tema. A primeira iniciativa é uma rodada de workshops, que passará por todas as regiões do Estado, para orientar as indústrias sobre Gestão de Riscos e sua importância para a integridade. As primeiras cidades a receber o treinamento são Londrina e Maringá, nesta quarta e quinta-feira (28 e 29), respectivamente (confira abaixo a agenda completa).

Transparência e competitividade
Além disso, em 21 de maio, o Sistema Fiep promove, também em parceria com o CIFAL Curitiba e o Unitar, o 3º Fórum Transparência e Competitividade. Assim como nas edições anteriores, em 2013 e 2016, a intenção é discutir o papel das empresas no combate à corrupção e possibilitar o intercâmbio de conhecimentos. Entre outros convidados, o Fórum terá palestra do ministro Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Gestão de Riscos
Confira a agenda dos workshops que serão realizados em todas as regiões do Estado:

Londrina –  28/03 – 14h às 18h
Local: Casa da Indústria (Rua Ana Neri, 300 – Vila Fujita)
Inscrições: https://goo.gl/MJ7QSr

Maringá –  29/03 – 15h às 18h
Local: Casa da Indústria (Av. Rebouças, 140 – Zona 10)
Inscrições: https://goo.gl/AxXWcV

Pato Branco – 11/04 – 9h às 12h
Local: Casa da Indústria (Rua Pedro Vieira, 120 – Bairro Bortot)
Inscrições: https://goo.gl/Ri9fiS

Cascavel – 12/04 – 9h às 12h
Local: Casa da Indústria (Rua Vicente Machado, 619 – Centro)
Inscrições: https://goo.gl/yRk2Mt

Curitiba – 17/04 – 9h às 12h
Local: Campus da Indústria (Av. Comendador Franco, 1.341 – Jardim Botânico)
Inscrições:https://goo.gl/hGJ1GG

Ponta Grossa – 19/04 – 9h às 12h
Local: Auditório Sesi (Av. João Manoel dos Santos Ribas, 405 – Nova Rússia)
Inscrições: https://goo.gl/p25KNA

About Author