Sistema Fiep, pelo projeto Cuide-se Mais Alimentação Saudável, ajuda colaboradores a perder peso

Com base em uma alimentação saudável e mudança no estilo de vida, trabalhadores de uma indústria já perderam aproximadamente 200 quilos

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) alertam que, atualmente, metade da população brasileira está acima do peso. Para incentivar hábitos saudáveis, melhorar a produtividade e reduzir problemas ocasionados pela obesidade (pressão alta, colesterol e doenças cardiovasculares), o Sistema Fiep, por meio do Sesi no Paraná, desenvolve nas indústrias o Cuide-se+ Alimentação Saudável. O projeto funciona em oito eixos principais, desde a prevenção de acidentes do trabalho, até o incentivo à pratica de atividades físicas e educação alimentar.

Foi pela educação alimentar, em uma cooperativa do setor de avicultura de Cascavel (Copacol), que funcionários de três setores perderam juntos, em sete meses, 190 quilos. O trabalho foi acompanhado mensalmente pela equipe do Sesi, promoveu palestras educativas, e o planejamento alimentar individual de cada participante.

O auxiliar de transportes, Adriano Lima Cavalcantti, foi um dos 80 colaboradores que participou do programa e, em sete meses, perdeu 16 quilos. “Meu guarda-roupa inteiro mudou, a autoestima e a disposição para trabalhar também melhoraram. Consegui até diminuir a gordura no fígado que era uma preocupação que eu tinha antes de entrar para o projeto”, conta. Adriano começou a participar do Cuide-se+ com 102 quilos e mesmo depois da primeira etapa do programa finalizada, continuou a perder peso. Na última visita da equipe do Sesi (agora as consultas acontecem trimestralmente), ele chegou à marca de 20 quilos perdidos. “Atingi minha meta inicial e a ideia agora é manter o peso e melhorar a prática de exercício”, comemora.

De acordo com a nutricionista do Sesi, Juliana Nadal, o Cuide-se+ Alimentação Saudável busca se adequar à realidade de cada empresa e também da vida do participante. “A ideia é que a pessoa mude seus hábitos, e que consuma comida de verdade, sem precisar gastar mais para isso. Segundo ela, nessa cooperativa os colaboradores fazem de uma a três refeições no local e, por isso, a sugestão de cardápio elaborado tem como base aquele que é oferecido pela empresa ao funcionário. “Para perder peso não existem milagres. A alimentação está no centro de tudo e o segredo está na qualidade dos alimentos ingeridos”, detalha.

Como funciona

A empresa que contrata o serviço do Programa Cuide-se+ Alimentação Saudável do Sesi no Paraná, recebe a visita de nutricionistas, que fazem uma palestra, geralmente sobre alimentação saudável, e a apresentação sobre o projeto. Depois é realizada uma consulta inicial, com anamnese completa e avaliação antropométrica (peso, altura, circunferência de cintura e braço, e ainda bioimpedância). Com base nessas informações, é traçado um plano individual acompanhado em visitas mensais, com duração de 30 minutos para cada participante. É quando são realizadas a pesagem e a análise das medidas, além de uma conversa sobre as principais dificuldades e ganhos daquele mês.

“É uma oportunidade ímpar que o colaborador tem ao participar do Cuide-se+ Alimentação Saudável, uma vez que ele pode fazer as consultas em seu horário de trabalho e os resultados obtidos têm sido bastante satisfatórios”, acredita a nutricionista Juliana Nadal.

Para mais informações sobre o projeto www.sesipr.org.br/cuide-se-mais/