Resultado de julgamento do STF é vitória na luta contra a corrupção, diz Campagnolo

Presidente da Fiep afirma que STF foi coerente e sensível aos anseios de uma sociedade que não suporta mais tantos desvios e impunidade

Plenário do STF nesta quarta-feira (4), durante julgamento do habeas corpus (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, afirmou que a luta contra a corrupção no Brasil conquistou uma importante vitória neste 4 de abril, com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de negar habeas corpus ao ex-presidente Lula. “O STF foi coerente com seu próprio entendimento de que condenados em duas instâncias já podem passar a cumprir as penas de prisão que lhes foram aplicadas. Mais do que isso, a maioria dos ministros foi sensível aos anseios de uma sociedade que não suporta mais tantos desvios e tanta impunidade”, disse Campagnolo.

Para ele, a decisão é importante, ainda, para a economia brasileira. Isso porque contraria a tendência histórica do país de alterar constantemente suas regras, o que sempre causa grande desconfiança em investidores brasileiros e estrangeiros. “Caso essa marca ficasse novamente evidente, teríamos ainda mais dificuldades para a efetiva retomada da geração de empregos e do crescimento”, declarou.

Campagnolo declarou, ainda, que essa decisão deve servir para que a sociedade brasileira se una e cobre um comprometimento verdadeiro das autoridades com a segurança jurídica, com o combate à corrupção e com a estabilidade econômica do país. “Somente assim vamos conseguir transformar o Brasil e mostrar que somos um país sério, que será passado a limpo”, afirmou.

About Author