Sistema Fiep inaugura instalações do Instituto Senai de Tecnologia da Informação e Comunicação

Entrega oficial da estrutura, em Londrina, contou com a presença do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade

Novas instalações vão ampliar atuação do instituto (Foto: Gelson Bampi)

O Sistema Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) entregou oficialmente, nesta sexta-feira (18), em Londrina, as instalações do Instituto Senai de Tecnologia da Informação e Comunicação. Equipado com laboratórios e equipamentos de última geração, o IST oferece consultorias e soluções em áreas como gestão e governança de TI, projetos de automação e sistemas inteligentes para a Indústria 4.0, inteligência artificial, mineração de dados e eficiência energética.

A solenidade de inauguração contou com a presença do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, que destacou que o IST de Londrina faz parte de uma rede nacional de institutos que o Senai vem implantando, podendo atender empresas de todo o país. “Um instituto como este agrega muito não só para o município, mas para o Estado e para o Brasil inteiro. O que estamos vendo aqui é uma indústria de desenvolvimento de software, que trabalha com inteligência artificial, que trabalha com automação, que tem a capacidade de ajudar as empresas a se tornarem mais produtivas e mais competitivas”, declarou. “Essa hoje é a vocação do Senai, de não só formar um trabalhador para profissões tradicionais, mas formar pessoas que estão pensando com inteligência, que estão pensando numa fábrica do futuro, numa indústria 4.0, nas inovações e nas tecnologias que o mundo está desenvolvendo”, completou.

O presidente do Sistema Fiep, Edson Campagnolo, também destacou o fato de o IST de Londrina atuar em rede com os demais institutos implantados pelo Senai no país. “Este IST está pronto para atender toda a indústria nacional. Guardadas as devidas proporções, é um Vale do Silício implantado aqui nesta região de Londrina, mas com uma conexão muito próxima com as necessidades das mais diversas cadeias produtivas da indústria brasileira”, disse. “Com a Indústria 4.0 e a necessidade que as empresas têm hoje de buscar competitividade, esse instituto é um grande fomentador que, aqui de Londrina, vai irradiar para todo o mercado nacional”, acrescentou.

Apesar de já atuar com consultorias desde 2013, as novas instalações físicas inauguradas oficialmente nesta sexta vão possibilitar ampliação dos serviços prestados pelo IST. Resultado de um investimento de R$ 8 milhões, a estrutura tem mais de 2,8 mil metros quadrados para atendimento a demandas nas áreas de tecnologia da informação e automação industrial para todos os setores da indústria. O instituto ganhou oito novos laboratórios, que vão permitir atuação em consultorias e assessorias em diversas áreas.

O IST também vai atuar em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação para novos produtos e serviços. E na certificação de pessoas por meio de seus cursos técnicos, de qualificação, aperfeiçoamento e, o mais recente, que teve início em fevereiro, curso superior de Engenharia de Software.

Na nova estrutura, serão investidos mais R$ 10 milhões para a implantação do HUB de Inteligência Artificial, lançado oficialmente na solenidade em comemoração pelo Dia da Indústria, também em Londrina, na noite desta sexta. O HUB terá como missão promover a adoção das tecnologias de inteligência artificial pelo setor industrial paranaense e brasileiro. A intenção é que seja um ente que prospecta, aglutina, distribui e gerencia, em uma rede de parceiros nacionais e internacionais, as demandas de inteligência artificial da indústria. O HUB também terá uma aceleradora para o desenvolvimento de novos empreendimentos relacionados às tecnologias de inteligência artificial.

About Author