Coluna > Coluna semanal

O papel das empresas no combate à corrupção

Tema será debatido na terceira edição do Fórum Transparência e Competitividade

Analisar os impactos da corrupção para o ambiente de negócios do país e debater o papel das empresas no combate a desvios de conduta. Com esses objetivos principais, o Sistema Fiep promove nesta segunda-feira (21), em Curitiba, a terceira edição do Fórum Transparência e Competitividade. O evento é realizado em parceria com o Cifal Curitiba e o Unitar, ligados à Organização das Nações Unidas (ONU).

O Sistema Fiep entende que a luta contra a corrupção depende de punição exemplar a quem comete irregularidades na gestão pública, além de mecanismos que garantam transparência e eficiência na aplicação dos recursos arrecadados da sociedade por meio de tributos. Porém, como tem sido mostrado por inúmeras operações policiais deflagradas em todo o Brasil, a iniciativa privada também deve colaborar nesse esforço, identificando e prevenindo práticas corruptas nas empresas e corporações.

Mostrando caminhos
Por isso, nos últimos anos o Sistema Fiep vem desenvolvendo uma série de ações para disseminar na indústria paranaense uma cultura de integridade. A intenção é mostrar caminhos para a implantação de ferramentas que ajudem a identificar eventuais práticas corruptas nas empresas, independente de seu porte. A principal ação nesse sentido é justamente o Fórum Transparência e Competitividade.

Em sua terceira edição, o evento terá como tema “Corrupção e seus efeitos negativos”. A palestra magna será proferida pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). Já o painel “Programas de Integridade e o papel de gestores e empresas contra a corrupção” vai apresentar a opinião de executivos que atuam em companhias com experiências bem-sucedidas nessa área, além do procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da operação Lava Jato. E a palestra de encerramento, com o tema “Ética e futuro da sociedade”, será feita pelo filósofo e escritor Luiz Felipe Pondé.

Programa de integridade
Como também se preocupa em ampliar a transparência e controle sobre sua própria atuação, o Fórum será marcado ainda pelo lançamento do Programa de Integridade do Sistema Fiep. Baseado nos pilares que regem as melhores práticas nessa área, o programa vai ampliar os instrumentos e mecanismos disponíveis para reduzir a exposição da instituição aos riscos relacionados à conformidade, bem como aqueles associados a atitudes antiéticas.

Confira a programação do 3º Fórum Transparência e Competitividade

8h – Credenciamento

8h30 – Abertura

  • Edson Campagnolo – Presidente do Sistema Fiep
  • Alex Mejia – Diretor do Programa de Cooperação Descentralizada do Unitar

9h – Palestra magna

  • Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF)

10h30 – Painel “Programas de Integridade e o papel de gestores e empresas contra a corrupção”

  • Roberta Codignoto – Executiva Jurídica e de Compliance da Staples
  • Luiz Caruso – Diretor de Controladoria e Soluções Compartilhadas da Votorantim S.A.
  • Reynaldo Goto – Diretor da área de Compliance da Siemens Brasil
  • Fabio Losso – Ex-diretor de Governança, Risco e Compliance da Copel
  • Deltan Dallagnol – Procurador da República
  • Mediadora: Lillian Witte Fibe – Jornalista

12h30 – Palestra de encerramento

  • Luiz Felipe Pondé – Filósofo e escritor

Mais informações em: corrupcaocustacaro.org.br.

About Author