Alunos do Colégio Sesi recebem incentivo para empreender

Na escola, estudantes têm oportunidade de desenvolver habilidades criativas e colocar ideias em prática

  Para que um negócio tenha sucesso é preciso muito estudo, pesquisa e ideias inovadoras. As ideias podem surgir em qualquer momento da vida, inclusive na adolescência. Embora empreender signifique mais do que abrir empresas, para que as ideias sejam colocadas em prática é fundamental que o empreendedor tenha apoio, oportunidade de aprendizado e espaço.

Segundo Ana Claudia Covatti, coordenadora de Educação do Colégio Sesi em Toledo, esse incentivo pode começar na escola, por meio de palestras, oficinas e outras atividades. “É preciso criar um ambiente para que os estudantes se sintam confortáveis para contar suas ideias. Além disso, a escola pode oferecer o suporte para que o projeto saia do papel”, disse.

A Oficina Minha Ideia de Negócio foi criada pelo Colégio Sesi de Toledo em 2017 e está na segunda edição. No primeiro trimestre deste ano, 42 alunos elaboraram sete projetos para apresentar durante a oficina, que tem como objetivo principal promover ideias e instigar os estudantes para que eles sejam mais criativos e desenvolvam suas habilidades.

Na oficina são oferecidas palestras sobre empreendedorismo, educação financeira e como se preparar para o mercado de trabalho, além de atividades e dinâmicas que mostram como desenvolver os projetos. “É uma forma de motivar os alunos. Eles são muito criativos e só precisam de apoio e oportunidades para expor as habilidades e competências que têm”, disse a orientadora pedagógica, Maria José Ferrari Giordani.

Criação de aplicativo

Em 2017, os alunos do Sesi Toledo, Gabriel Pereira e Wesley Knapp, participaram da oficina e tiveram a ideia de criar um aplicativo que funciona como uma rede social. Eles receberam dicas e aprenderam sobre empreendedorismo e negócios e, neste ano, colocaram o projeto em prática. O aplicativo Thizer está disponível para Android e iOS e em apenas um mês funcionando, já tem mais de mil usuários. Com o app é possível fazer posts de textos, fotos e vídeos; compartilhar conteúdo; conversar com outros usuários, além de criar páginas e fóruns de debate. “Queríamos criar algo inovador e útil para as pessoas. Sabemos como está crescendo o número de usuários das redes sociais. Por isso, criamos um app que une o que as pessoas gostam: beleza e funcionalidade”, disse Wesley.

Segundo Gabriel, a oficina foi essencial para colocar o plano em prática. “Nós tínhamos uma ideia, mas não sabíamos como fazê-la dar certo. A oficina nos ajudou a entender mais sobre como é empreender, as dificuldades e vantagens de ter o próprio negócio e a importância de inovar. Além disso, tivemos orientação durante todo o processo de planejamento, criação e aplicação do nosso projeto”.

Inspiração

A Oficina Minha Ideia de Negócio foi inspirada no Concurso Minha Ideia de Negócio, promovido pela Junior Achievement, em parceria com o Sistema Fiep no Paraná. A Junior Achievement tem como objetivo inspirar e preparar jovens, despertando seu espírito empreendedor para serem bem-sucedidos na sociedade e em uma economia globalizada, contribuindo para que se tornem cidadãos qualificados e realizados, que possam contribuir positivamente para o desenvolvimento sustentável do Brasil.

Na primeira edição do concurso, em 2017, a vencedora da etapa estadual foi Aléxia Luisa Meinerz, também aluna do Colégio Sesi de Toledo. Esse resultado inspirou muitos estudantes a participar da oficina e trabalhar suas ideias de negócio.