Coluna > Coluna semanal

Um plano de longo prazo para o Paraná

Paraná 2040 quer mobilizar sociedade para o mapeamento de desafios e construção de um modelo de governança que garanta desenvolvimento nas próximas décadas

A gestão pública no Brasil, seja em nível federal, estadual ou municipal, não tem tradição de planejamento em longo prazo. Planos de governo, em geral, ficam restritos aos períodos de um ou dois mandatos, mudando sempre que um novo governante assume o poder. Para alterar essa realidade, é preciso criar uma nova cultura, construindo um plano de sociedade, que parta dos cidadãos e perpasse as diferentes gestões.

Justamente com o objetivo de propor um planejamento de longo prazo para o estado, foi lançado o projeto Paraná 2040. A intenção é reunir em torno da iniciativa o máximo possível de representantes da sociedade civil organizada paranaense, engajando também os candidatos que concorrem nas eleições ao governo neste ano.

Consulta pública
A condução técnica do Paraná 2040 está a cargo do Observatório Sistema Fiep, área que elabora estudos prospectivos com vistas à melhoria da competitividade da economia paranaense. No processo de elaboração do projeto, a equipe do Observatório fez um trabalho prévio de benchmarking, analisando 70 planos de desenvolvimento de territórios implantados em várias partes do mundo, como Europa, Austrália e Canadá. A partir daí, definiu as nove dimensões principais que devem guiar a visão de futuro do Paraná e, dentro delas, um conjunto de desafios que precisam ser superados pelo estado para alavancar seu crescimento econômico e social.

A partir de agora, para colocar em prática o Paraná 2040, o projeto foi dividido em três etapas, cada uma marcada pela elaboração de uma publicação específica. Na primeira, o Livro Verde apresentará os principais desafios, que estão separados dentro das nove dimensões. Para que a sociedade possa contribuir com o projeto, esse conteúdo está aberto para consulta pública no site parana2040.org.br.

Na plataforma, qualquer cidadão pode se posicionar em relação às prioridades já levantadas, além de sugerir outras questões. Após o encerramento da consulta pública, que estará aberta até 15 de agosto, as contribuições serão tratadas e compiladas para que possam ser inseridas na publicação. A previsão é que o Livro Verde seja lançado em setembro, sendo disponibilizado a todos os candidatos.

Ações e governança
Nas etapas seguintes, previstas para o início de 2019, serão lançados os Livros Branco e Azul. O primeiro apresentará um plano de ação, detalhando a rota que deve ser seguida para que o estado supere os desafios apontados no Livro Verde. Já o segundo proporá um modelo de governança, com a distribuição de responsabilidades entre os diferentes atores da sociedade, para que o Paraná 2040 seja, de fato, colocado em prática, independente de quem ocupe o governo.

Entidades e pessoas interessadas em contribuir com o projeto podem obter mais informações pelo e-mail livroverde@parana2040.org.br.

As etapas do Paraná 2040

  • Livro Verde: apresenta os principais desafios para o desenvolvimento do Paraná no horizonte de 2040.
  • Livro Branco: detalha as ações necessárias para o enfrentamento dos desafios para o futuro do Paraná.
  • Livro Azul: estrutura uma governança para o acompanhamento da implementação das propostas.

Os desafios estão divididos em 9 áreas

  • Meio ambiente
  • Governança e gestão pública
  • Educação, ciência e tecnologia
  • Cultura e coexistência social
  • Infraestrutura
  • Saúde
  • Segurança
  • Territorialidade
  • Economia e negócios

Saiba mais sobre o projeto e dê sua contribuição em parana2040.org.br

About Author