Coluna > Coluna semanal

Quanto vale uma ideia?

VOA – Vozes do Amanhã vai apresentar projetos inovadores de alunos da educação do Sistema Fiep

Durante as aulas de química, Rhyan Henrique Noel Basi criou um repelente de citronela que afasta o Aedes Aegypti. Já Izadora Holzbach desenvolveu um bastão que, a partir de sensores, faz a leitura de cores e dos nomes dos estabelecimentos para cegos. Eduardo Felipe Benvegnir cresceu na mecânica do pai e se apaixonou pela área. Formado em Manutenção Automotiva, é finalista na WorldSkills 2019, maior competição de educação profissional do mundo, e hoje cursa Pedagogia para realizar o sonho de ser professor do Senai.

Por saber o valor de boas ideias e para dar voz aos jovens com uma nova visão do futuro, o Sistema Fiep promove, pelo segundo ano consecutivo, o VOA – Vozes do Amanhã. A série de eventos na qual essas e outras histórias serão contadas por seus protagonistas passará por quatro cidades, começando por Cascavel, nesta quarta-feira (1º). Depois, acontece em Londrina, no dia 9, Curitiba, no dia 29, e Maringá, em 4 de outubro. Alunos e egressos do Colégio Sesi, cursos do Senai e Faculdades da Indústria terão 10 minutos cada para contar suas histórias e projetos, contextualizando a forma com que impactam a sociedade onde vivem.

Com milhares de estudantes que já passaram ou hoje frequentam as ações educacionais que oferece em todo o estado, é natural que o Sistema Fiep tenha fomentado centenas de histórias que merecem ser conhecidas. Com metodologias que desafiam constantemente os alunos a buscarem soluções inovadoras, dentro de sala de aula surgem muitos projetos que realmente impactam a vida das pessoas.

Resolvendo problemas reais

O objetivo do VOA é disseminar boas ideias e mostrar as possibilidades de projetos que podem resolver problemas reais. A primeira edição do evento, que aconteceu em novembro de 2017, emocionou o público com a presença do jornalista, radialista e escritor Marcos Piangers e as apresentações de Vinicius Bail, Adriane dos Santos e o trio Maria Eduarda Neves, Francisco Miguel da Silva e Allan Messiano.

Vinicius, então aluno do curso Técnico em Automação Industrial do Senai em Guarapuava, contou como as adversidades do dia a dia depois que sofreu um acidente e se tornou deficiente visual fizeram com que desenvolvesse uma luva-guia que, por meio de sensores, evita obstáculos. Adriane, do curso de Design de Moda das Faculdades da Indústria, apresentou sua linha de produtos e turbantes para pessoas em transição capilar – tratamento para que o cabelo alisado volte a ser cacheado –, que é sucesso de vendas pela internet.

Já o trio do Colégio Sesi de Rolândia apresentou o Canápis, lápis feito a partir do bagaço da cana-de-açúcar que os levou à Milset 2018, uma feira internacional de ciências que aconteceu em Fortaleza. A primeira edição do VOA também contou com a ex-aluna do Colégio Sesi de Irati, Elisa Seidel, que tem um canal sobre games no Youtube com mais de 97 mil inscritos.

Saiba mais sobre o VOA – Vozes do Amanhã

  • Datas dos eventos:
    01/08 – 19h – Cascavel
    09/08 – 19h – Londrina
    29/08 – 19h – Curitiba
    04/10 – 19h – Maringá
  • Além das apresentações de alunos e egressos, haverá palestras de influenciadores.
  • Gratuito e aberto ao público, o VOA tem vagas limitadas. As inscrições podem ser feitas pelo site sistemafiep.org.br/voa.
  • Para saber mais sobre as metodologias de ensino do Sistema Fiep, estrutura e cursos ofertados, acesse sistemafiep.org.br/educacao.

About Author