Coluna > Coluna semanal

IEL: uma história de parceria com indústria

Instituto Evaldo Lodi completa 49 anos de atuação no Paraná como referência em formação executiva e gestão da inovação

Em 21 de agosto de 1969, o IEL – Instituto Evaldo Lodi – iniciou suas atividades no Paraná, integrando o Sistema Fiep. Inicialmente, seu objetivo era levar o conhecimento acadêmico para dentro das indústrias, aproximando os estudantes das linhas de montagem por meio de estágios supervisionados. Uma atuação que vem se atualizando e se aprimorando.

Hoje, quase 50 anos depois de sua fundação no Estado, mais do que ofertar programas voltados à gestão de talentos, por meio das Faculdades da Indústria, cria cursos de graduação e pós-graduação de alto valor agregado em parceria com o setor, oferecendo a formação necessária para o desenvolvimento pleno das indústrias paranaenses. Exemplos são a graduação em Gestão da Produção Industrial e o MBA em Liderança para Transformação Digital e Indústria 4.0.

As parcerias internacionais com instituições como a SIBE – Steinbeis International Business School, da Alemanha, o Instituto Politécnico de Leiria, a Universidade de Lisboa e a Nova SBE (Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa), de Portugal, e a proximidade com o setor industrial, dão ao IEL expertise na formação de líderes prontos para atender a demandas urgentes para a competitividade.

Atualmente, por meio das Faculdades da Indústria, o IEL oferta cursos de graduação presencial e a distância. Já em 2019 ofertará pós-graduação na mesma modalidade. Vale destacar ainda que o IEL no Paraná é o único do Brasil que possui uma faculdade e, por isso, atende todo o país em cursos como o MBA em Gestão Industrial, o MBA em Gestão da Mudança, Quarta Revolução Industrial e o Futuro Dos Negócios e ainda o de Liderança para Inovação. Há ainda cursos in company, totalmente customizados para que as empresas cheguem à excelência. Os formatos vão desde uma palestra até uma pós-graduação personalizada.

Confira alguns números do IEL, por meio das Faculdades da Indústria, em 2018:

  • 9 cursos de graduação, com mais de 500 alunos
  • 12 cursos de pós, com mais de 450 alunos
  • 9 cursos de graduação a distância, em 12 unidades do Sistema Fiep
  • 600 alunos atendidos fora do Paraná presencialmente

Gestão da inovação
Durante sua trajetória, o IEL também se transformou em um canal de acesso à inovação para as indústrias por meio da Gestão da Inovação. O objetivo é estimular a cultura da inovação dentro das empresas com o compartilhamento de conhecimento, captação de ideias e desenvolvimento de soluções. São serviços com metodologias focadas em soluções práticas que trazem resultado para as indústrias.

Entre os programas e processos ofertados se destacam as consultorias em Implementação em Programas de Inovação e Intraempreendedorismo; em Transformação Digital e Indústria 4.0; e em Inovação Aberta (relacionamento com startups e hackathons).

A Aceleradora do Sistema Fiep é outro destaque que demonstra a expertise da instituição nessa área. Em um ecossistema que une tecnologia e inovação, mentoria, conhecimento de ponta e proximidade com as indústrias, ela ajuda startups a estruturarem planos de ação e de negócios, desenvolvimento de portfólio de produtos e serviços, além de levantar potenciais investidores e clientes.

Confira alguns números da Gestão da Inovação:

  • 300 indústrias de pequeno, médio e grande porte atendidas até hoje
  • 3 mil colaboradores da indústria capacitados em temas de inovação e transformação digital
  • R$ 200 milhões captados em recursos e fomentos para projetos de inovação

Para saber mais sobre os cursos de formação executiva e os serviços de Gestão da Inovação, acesse www.ielpr.com.br.

About Author