Coluna > Coluna semanal

Sistema Fiep e a vanguarda da indústria automotiva

Alinhado com as demandas mundiais e com objetivo de desenvolver novas tecnologias, entidade inaugura o primeiro Centro de Tecnologia de Veículos Híbridos e Elétricos do Brasil

Neste ano, o Brasil formalizou a Rota 2030, programa que objetiva estimular a modernização da indústria automobilística do país a longo prazo. Ela estabelece ações para o desenvolvimento e incentivo à eficiência energética, pesquisa e desenvolvimento, segurança, inspeção veicular, logística e redução de impostos para veículos híbridos e elétricos.

Nesse último ponto, a Agência Internacional de Energia (AIE) estima que serão 125 milhões de carros elétricos em circulação no mundo em 2030, sendo necessário inserir a indústria nacional nesse cenário. Para isso, é preciso estimular a comercialização de novas tecnologias no mercado brasileiro e desenvolver soluções inovadoras, a partir de vocações nacionais.

De acordo com o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), nos últimos dois anos o Estado registrou aumento de 146% no número de emplacamentos de carros movidos a eletricidade. Com os devidos incentivos e o crescente desenvolvimento desse cenário, a expectativa é de que cada vez mais seja necessária a qualificação na área e formação específica para atender esse futuro tão presente. Alinhado com as demandas mundiais e com objetivo de desenvolver novas tecnologias e acelerar a modernização no país, o Sistema Fiep inaugura em outubro o primeiro Centro de Tecnologia de Veículos Híbridos e Elétricos do Brasil.

Ineditismo paranaense
A tendência da substituição dos combustíveis fósseis é uma realidade nos mercados norte americano, europeu, chinês e japonês. Salvo a vocação do Brasil com o etanol, o mercado nacional ainda possui uma participação muito pequena de veículos elétricos ou mesmo híbridos conjugados com baterias. Se o Sistema Fiep, por meio do Senai no Paraná, teve um papel fundamental na instalação da indústria automotiva no Estado, manterá – com o novo Centro – sua missão de promover o desenvolvimento de tecnologias e a formação de profissionais para a indústria brasileira.

A existência de um Centro de Tecnologia coloca o Paraná na linha de frente, sinalizando ao mercado a existência de laboratórios e know how dedicado ao desenvolvimento e validação de tecnologias de mobilidade que sejam adequadas para o mercado nacional.

Localizado dentro do Campus da Indústria, em Curitiba, o Centro tem infraestrutura inédita e equipamentos exclusivos, direcionados à educação profissional e aos serviços de tecnologia e inovação. A área inicial contará com mais de mil metros quadrados, com oito laboratórios dedicados e integrados nas áreas de eletrificação veicular, baterias de tração, eletromecânica e manutenção em veículos híbridos e elétricos e interconectividade veicular, sendo possível ainda realizar ensaios para avaliação de desempenho, inclusive no modo “on the road” (com o veículo rodando).

A atuação do novo Centro na formação de pessoas é estratégica para qualificar profissionais no diagnóstico e na reparação de veículos híbridos e elétricos, ofertando cursos de curta, média e longa duração, além dos níveis técnico e superior. Também será um vetor do empreendedorismo inovador de alto impacto, com espaços e serviços para incubação e aceleração de empresas de base tecnológica desenvolvedoras e implementadoras de soluções orientadas à mobilidade inteligente.

Encontro de Inovação em Eletromobilidade
O lançamento do Centro de Tecnologia de Veículos Híbridos e Elétricos do Sistema Fiep acontece no dia 9 de outubro, durante o Encontro de Inovação em Eletromobilidade 2018. Haverá palestras, painéis, pitches, exposição e experimentação.

Para se inscrever no evento, acesse sistemafiep.org.br/eletromobilidade.

Para saber mais sobre o Centro de Tecnologia de Veículos Híbridos e Elétricos: senaipr.com.br/para-empresas.

About Author