Duas turmas de jovens aprendizes terminam o ano com formatura do projeto Sesi Jovem na Indústria

O objetivo do programa é valorizar o potencial criativo e transformador do aprendiz, promover seu desenvolvimento, além de contribuir com a sociedade

Realizado desde 2013, o projeto Sesi Jovem na Indústria oferece às empresas a oportunidade de capacitar seus jovens aprendizes para que executem serviços de excelência, trazendo resultados efetivos às organizações, contribuindo para o seu desenvolvimento e lucratividade. Ao mesmo tempo permite a prática da responsabilidade social empresarial, ou seja, que participem ativamente de ações que beneficiam a sociedade e contribuem com a política social, uma tendência corporativa contínua e definitiva.

Os formandos administrativos ligados ao Instituto Robert Bosch

Em 2018, o Sesi Jovem na Indústria foi realizado com duas turmas. A primeira capacitou 12 aprendizes da ETS (Engeneering Technical School – Escola Técnica de Engenharia). A segunda turma formou 16 aprendizes administrativos ligados ao Instituto Robert Bosch (a 15º turma formada pelo Sesi Jovem na organização).

Os jovens aprendizes da Engeneering Technical School – Escola Técnica de Engenharia

O Sesi Jovem na Indústria vê o jovem como potencial de mudança e como solução. Além da formação acadêmica e profissional, oferece um conjunto de ações sob a forma de práticas e vivências que os apoiam e orientam para a vida, preparando-os para lidar com diversas situações que o mundo do trabalho e a convivência em sociedade lhes impõem.

“São raras as iniciativas de capacitação de jovens aprendizes, que consideram a necessidade do desenvolvimento de competências sociais e relacionais, e não somente das competências técnicas requeridas à função”, afirma Roberta Ribas da Silva Costa, analista técnica do Sistema Fiep. “Por isso, o estímulo ao protagonismo juvenil é a premissa do projeto, assim como a utilização de uma metodologia que permite o exercício da criatividade e o desenvolvimento da habilidade do jovem em expressar suas necessidades e interesses, bem como a capacidade de debater assuntos de importância local e global e atuar na sociedade, estimulando outros jovens a agirem como transformadores sociais”, completa.

Para saber mais sobre o projeto acesse sesipr.com.br, clique em Para Empresas, vá em Responsabilidade Social e então em Capacitação ou clique aqui

About Author