Institucional > FIEP

Sistema Fiep deseja sucesso e se coloca à disposição para contribuir com novo governo estadual

Presidente da entidade, Edson Campagnolo, agradece a Cida Borghetti por seu trabalho à frente do Palácio Iguaçu e espera que Ratinho Júnior retribua o voto de confiança que recebeu dos paranaenses nas urnas

 

 

O presidente do Sistema Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, considera que o Estado entra, a partir deste 1º de janeiro, em um novo ciclo, com a possibilidade de transformações na gestão pública. “Temos uma grande oportunidade para sepultar erros do passado e estruturar um caminho de crescimento e prosperidade”, afirmou, referindo-se à transição no comando do Palácio Iguaçu.

Em nome da entidade, Campagnolo agradece a governadora Cida Borghetti por sua atuação no período em que esteve à frente do governo. “O diálogo permanente que manteve com o setor produtivo foi um dos símbolos de sua gestão”, diz. Segundo ele, isso foi fundamental para a adoção de medidas que deram fôlego às empresas em um momento em que ainda lutam para superar os efeitos da crise dos últimos anos. “Certamente, um legado que trará resultados positivos ao Paraná, na forma de novos investimentos e reabertura de postos de trabalho, contribuindo para a retomada de nossa economia”, completa.

Em relação a Ratinho Júnior, que assume o Palácio Iguaçu neste dia 1º, Campagnolo deseja sucesso ao novo governador. “Que, à frente de um cargo tão relevante e de enorme responsabilidade, ele possa ter a sabedoria necessária para retribuir o voto de confiança recebido da grande maioria da população paranaense”, afirma, reiterando que espera que o novo governo também mantenha um diálogo constante com o setor produtivo.

Por fim, Campagnolo diz que a indústria paranaense e o Sistema Fiep estão dispostos a contribuir com o planejamento da gestão. “Colocamos à disposição da administração pública toda a expertise dos técnicos de nossa entidade e os estudos prospectivos por eles já realizados. Estamos seguros que esse rico conteúdo e o conhecimento de quem atua no dia a dia do setor industrial podem ajudar no planejamento de políticas e programas que tornem nosso Estado cada vez mais competitivo e atraente para o investimento produtivo”, declara.

About Author