Sistema Fiep expõe unidades móveis no Show Rural Coopavel

Estruturas são equipadas para levar capacitação profissional a qualquer lugar do Paraná; entidade também coordenou um hackathon que buscou soluções para desafios do agronegócio

Espaço do Sistema Fiep na 31ª edição do Show Rural, em Cascavel (Fotos: Gelson Bampi)

O Sistema Fiep está aproveitando o Show Rural Coopavel, um dos maiores eventos do agronegócio no mundo, que acontece nesta semana, em Cascavel, para divulgar suas ações móveis. Foram levadas até o local uma unidade móvel equipada para cursos de panificação e confeitaria, além de uma escola móvel da área de confecção. Desde segunda-feira (4), mais de 130 pessoas já passaram pelas oficinas que estão sendo ofertadas aos visitantes da feira.

Saiba mais sobre as ações móveis

Confira mais fotos do Show Rural

“As unidades móveis ampliam ainda mais a capilaridade do Sistema Fiep. Estamos presentes em 55 municípios, mas com esta ação podemos levar capacitação profissional a qualquer região do Estado, de acordo com a demanda”, afirmou o presidente do Sistema Fiep, Edson Campagnolo, que visitou o espaço. “Com essas ações móveis, promovemos uma verdadeira inclusão, facilitando o acesso das pessoas aos cursos do Senai”, completou. Durante o Show Rural, diversos prefeitos e representantes de outras instituições que podem ser parceiras na promoção das ações móveis, levando as unidades aos seus municípios, visitaram o espaço do Sistema Fiep.

Visitantes do evento participam de oficina na unidade móvel de panificação e confeitaria

Equipamento completo
A unidade de panificação e confeitaria que está exposta no Show Rural é uma carreta completamente adaptada, contando com equipamentos profissionais utilizados pelas empresas do setor e também uma cozinha completa. Nela, estão sendo ofertadas aos visitantes da feira oficinas de pães e bolos. Já a escola móvel de confecção é formada por contêineres e equipada com máquinas de costura profissionais, onde estão sendo realizadas oficinas de confecção de bolsas.

Vagner Sabadin, responsável pela unidade móvel de panificação e confeitaria, explica que são cursos básicos, com o objetivo de despertar nas pessoas o interesse pela qualificação nessas áreas. “Mas também utilizamos a unidade móvel para cursos de maior duração, que preparam profissionais para as empresas do setor, ensinando não exatamente receitas, mas as técnicas utilizadas na profissão”, explica. Segundo ele, para este ano a unidade que hoje está no Show Rural já está com agenda cheia.

Para quem conheceu a unidade móvel durante o evento, as oficinas ofertadas serviram justamente para ampliar o interesse por novas capacitações. Foi o caso da agricultora Eliane Carvat Prado, que participou de uma das oficinas de panificação. “Sempre quis fazer um curso assim. Foi muito bom poder fazer isso aqui no Show Rural”, disse. Ela afirmou, ainda, que existem várias pessoas interessadas em cursos semelhantes no local onde mora, o distrito de São João do Oeste, que pertence ao município de Cascavel. “Seria muito bom se uma unidade como esta pudesse ir até lá”, completou.

Equipes propuseram soluções para desafios do agronegócio (Foto: Divulgação/Coopavel)

Show Rural Digital
Além das oficinas ofertadas pelas unidades móveis, o Sistema Fiep também fez parte da principal novidade do evento deste ano: o Show Rural Digital. Técnicos da entidade foram os responsáveis pela mentoria de um hackathon realizado dentro da programação. No total, participaram dez equipes multidisciplinares, compostas por designers, programadores, profissionais da área de negócios e agricultores filhos de cooperados da Coopavel, a cooperativa que organiza a feira.

Durante 36 horas ininterruptas de atividades, incluindo os preparativos, as equipes desenvolveram soluções para diversos desafios ligados ao agronegócio, em áreas como logística, armazenamento, transporte, apicultura, avicultura, agricultura, alimentos e bebidas, gado de corte e agricultura familiar. A equipe vencedora foi a Avetop, de Cascavel, que elaborou um projeto para o uso de câmera com apoio de sensores para indicar quando um silo precisa ser recarregado. Como prêmio, seus integrantes ganharão uma viagem para o Vale do Silício, nos Estados Unidos.

About Author