Presidente do Sistema Fiep se reúne com secretário da Segurança Pública

Edson Campagnolo discutiu com Luiz Felipe Kraemer Carbonell ações em que a entidade pode colaborar com o trabalho da secretaria

O secretário Carbonell (ao fundo) recebeu o presidente do Sistema Fiep em seu gabinete (Foto: Gelson Bampi)

O presidente do Sistema Fiep, Edson Campagnolo, reuniu-se nesta segunda-feira (25), em Curitiba, com o secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Luiz Felipe Kraemer Carbonell. No encontro, foram discutidas ações em que o Sistema Fiep pode colaborar com o poder público para incrementar a gestão e operação da área de segurança pública no Paraná.

“Nos propusemos a fazer visitas a todas as secretarias, colocando nossa casa à disposição naquilo que for possível”, afirmou Campagnolo. “Felizmente, na Segurança Pública temos uma pessoa com a experiência do general Carbonell, com quem temos uma boa interlocução, e desejamos todo sucesso a ele”, completou.

Entre as possíveis ações que podem ser desenvolvidas em parceria entre Sistema Fiep e a secretaria, Carbonell destacou o processo de ressocialização de detentos. “Dentro de nosso planejamento estratégico, um dos desafios é aliviar o sistema penitenciário. E o Sistema Fiep pode ser importante para nos ajudar na parte da ressocialização”, disse o secretário, referindo-se à possibilidade de oferta de cursos de capacitação e recolocação dos detentos no mercado de trabalho.

Para aprofundar a colaboração, Sistema Fiep e Secretaria da Segurança estudam a possibilidade de assinar um termo de cooperação técnica nas próximas semanas. Entre outras ações, o documento pode facilitar com que a entidade, por meio de seu Observatório, contribua com o processo de planejamento de longo prazo para a área de segurança pública. Recentemente, o Observatório foi o responsável pela elaboração da Rota Estratégica da Segurança Pública do Ceará, em um projeto liderado pela Federação das Indústrias daquele estado, com participação de representantes de diversas entidades da sociedade civil.

About Author