Edital Sesi Tech disponibiliza R$ 10 milhões para projetos de SST

Projetos devem estar alinhados aos grandes desafios da indústria paranaense nas temáticas de Segurança e Saúde do Trabalho

Foram 334 milhões de dias de trabalho perdidos no Brasil por causa de acidentes de trabalho no período de 2012 a 2018. Este dado é do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, que mostra como a segurança e saúde dos trabalhadores é importante tanto para o bem-estar dos colaboradores quanto para a competitividade dos negócios. “As mudanças no ambiente competitivo nos últimos anos trouxeram grandes desafios para as indústrias. Mas, paralelamente, novas tecnologias possibilitam o desenvolvimento de soluções que têm impacto direto no ambiente e nos processos internos da organização”, comenta o gerente executivo de Tecnologia e Inovação do Sistema Fiep, Fabricio Lopes.

Por saber do impacto que soluções inovadoras têm no dia a dia das pessoas e das empresas, o Sistema Fiep lança o Edital Sesi Tech, destinado ao desenvolvimento de projetos inovadores nas áreas de Segurança e Saúde no Trabalho (SST). Serão disponibilizados R$ 10 milhões para o desenvolvimento dos projetos, que serão executados por meio da rede de Institutos Senai de Tecnologia e Inovação, co-executora do edital. Além de estar alinhados aos grandes desafios da indústria paranaense nas temáticas de Segurança e Saúde do Trabalho, devem ter como meta a redução no número de acidentes de trabalho, a diminuição dos custos com acidentes e doenças ocupacionais, o aperfeiçoamento da performance do trabalhador da indústria e a promoção da saúde e segurança dos funcionários

Empresas de todos os portes do Paraná podem participar. “Todo o processo de uma empresa envolve alguma situação que pode impactar na segurança e saúde dos trabalhadores. O edital apoia o desenvolvimento de soluções para minimizar estes riscos e garantir a promoção de saúde destes trabalhadores, bem como a população em geral”, explica Rosângela Fricke, gerente executiva de Segurança e Saúde para Indústria.

O edital é dividido em duas categorias: Categoria A, que são as indústrias com demandas de SST; e Categoria B, para healthtechs. “Para as startups participantes, é importante que os projetos estejam alinhados com o maior número de solicitações de empresas e que atinjam um número considerado de beneficiados. Toda ideia é válida para a redução dos riscos e a promoção da saúde”, afirma Rosângela.

As inscrições podem ser feitas até 17 de maio de 2019. Todas as informações podem ser acessadas aqui: www.sesipr.org.br/editaldeinovacao.

About Author