Paranaenses arrecadam R$ 1 milhão na The Hardest Run para construção do Hospital Erastinho

Corrida ocorreu no dia 1.º de maio, em Curitiba. Sistema Fiep, por meio do Sesi no Paraná, apoiou o evento com ativações na praça Afonso Botelho e no quilômetro três, além de disponibilizar a Unidade Móvel da Cultura para ser palco da premiação

The Hardest Run

Dez mil pessoas participaram, no dia 1.º de maio, da The Hardest Run, uma corrida que teve como principal objetivo arrecadar fundos para a construção do Erastinho, o primeiro Hospital Oncopediátrico do Paraná. O valor de R$ 1 milhão arrecadado nas inscrições do evento foram 100% revertidas para a doação. Em meio aos participantes, foi possível encontrar pessoas de todas as idades, desde crianças acompanhadas dos pais, até idosos e também pessoas com deficiência. Regiane Aparecida Gaspar, de 34 anos, é corredora profissional e dessa vez trouxe o seu filho de seis anos para participar. Juntos, eles percorreram 5 km. “Já somos corredores, mas com a causa do Erastinho nos empolgamos ainda mais. Acredito que o melhor incentivo que podemos dar para uma criança é o esporte e é por isso que meu filho também participou desse momento”, comenta.

Grupo de Escoteiros de Curitiba formando a Torcida Solidária com o Sesi no Paraná

O Sistema Fiep, por meio do Sesi no Paraná, foi uma das instituições a apoiar o evento com atividades na praça Afonso Botelho, local de chegada e largada dos atletas. Para incentivar e motivar os 10 mil participantes da The Hardest Run, o Sesi no Paraná levou ao km 3 os objetivos do Programa Sesi Cuide-se + e junto com o Grupo de Escoteiros de Curitiba, formaram uma grande Torcida Solidária ao longo de todo o percurso. Além disso, o Sistema Fiep também disponibilizou a Unidade Móvel da Cultura para ser o palco da premiação. “A The Hardest Run tem relação direta com as ações do eixo Prevenção do Câncer, do Programa Sesi Cuide-se +, desenvolvido pelo Sesi no Paraná. A participação do Sistema Fiep como patrocinador da corrida, é uma forma de incentivar a prática de exercícios e a melhora da saúde física e mental dos trabalhadores, bem como a promoção de ações de sustentabilidade e solidariedade”, ressalta Maria Cristhina de Souza Rocha, gerente de Projetos Estratégicos do Sistema Fiep.

A The Hardest Run teve início às 7h, na Praça Afonso Botelho. A largada durou cerca de 30 minutos e os primeiros colocados começaram a chegar após 20 minutos do início da prova. A premiação, que ocorreu na Unidade Móvel do Sistema Fiep, foi dividida nas categorias de 5 e 10 km, feminino e masculino. Um momento especial e que emocionou o público, foi a entrega do troféu para a terceira colocada da categoria feminino, 5 km. A jovem, ao subir ao palco, levou sua sobrinha, que venceu recentemente um câncer infantil.

CLIQUE AQUI e confira mais fotos da The Hardest Run

SOBRE O SISTEMA FIEP

O Sistema Fiep é composto pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL). As instituições trabalham integradas em prol do desenvolvimento industrial. Com linhas de atuação complementares, realizam a interlocução com instâncias do poder público, estimulam o fomento de negócios nacionais e internacionais, a competitividade, a inovação, a tecnologia e a adoção de práticas sustentáveis, e oferecem serviços voltados à segurança e saúde dos trabalhadores, à educação básica de crianças, jovens e adultos, à formação e aperfeiçoamento profissional, à formação de nível superior, além de capacitação executiva. Sistema Fiep: nosso i é de indústria.

About Author