Sistema Fiep recebe representantes paranaenses da WorldSkills Kazan 2019

Em agosto, os estudantes participarão da maior competição de educação profissional do mundo, na Rússia

Troca de experiências, emoção e risadas fizeram parte da tarde da última sexta (07), no Campus da Indústria do Sistema Fiep, localizado em Curitiba (PR). Na data, os seis estudantes do Senai no Paraná que representarão o Brasil na WorldSkills, maior competição de educação profissional do mundo que acontecerá na Rússia em agosto, se reuniram para comemorarem a seleção ao evento mundial. Além deles, estavam presentes grande parte da delegação técnica do Paraná, o presidente do Sistema Fiep, Edson Campagnolo, Vanessa Frason, gerente de Educação Profissional e Giovana Chimentão Punhagui, gerente executiva de Educação do Sistema Fiep.

No evento, Lucas Constancio Lenzi, Isabele de Lara da Silva, Eduardo Felipe Benvegnir, Leandro Ribeiro Moreira, Thiago Felipe Salkovski e Bruno de Souza Magalhães contaram sobre suas trajetórias, expectativas e rotinas de treinamentos. Ao fim da cerimônia, Campagnolo concedeu aos competidores uma carta com informações sobre uma bolsa de estudo integral concedida pelo Sistema Fiep aos seis estudantes, para que possam escolher entre os cursos de graduação da Faculdade da Indústria.

Fazendo história

O Senai tem um papel fundamental na vida dos competidores. Para Isabele da Silva, que entrou na instituição com 16 anos, a empresa lhe deu uma profissão. “Hoje tudo que eu sei é graças à competição e ao treinamento. Tanto agora quanto no futuro o Senai e a WorldSkills representarão minha base profissional e grande parte do meu crescimento pessoal também”. Já Eduardo Benvegnir esclarecer que o Senai trouxe a oportunidade de um futuro promissor em sua vida. “A WorldSkills representa hoje tudo na minha vida”, diz.

Leandro Moreira conta que poder participar da seletiva WorldSkills é uma oportunidade única. “Todo o treinamento é desenvolvido em cima de cenários reais de grandes empresas, o que me prepara melhor para a competição e para o mercado de trabalho”, lembra.

Para Marcos Pires, delegado técnico da equipe paranaense da competição, as expectativas para o campeonato mundial são altas. “Tenho certeza que estaremos muito bem representados pelos seis competidores. É uma alegria podermos fazer a diferença na vida dessas pessoas porque, principalmente, temos a certeza que eles estão muito bem preparados para o mercado de trabalho”, lembra o profissional.

Os jovens, que são de Curitiba, Londrina e Cascavel, moram atualmente em Brasília e São Paulo para se prepararem para o mundial, que acontece entre os dias 22 e 27 de agosto de 2019.

 

 

About Author