Cresce demanda por profissionais qualificados no Paraná

Senai no Paraná está com vagas abertas para cerca de 30 cursos técnicos presenciais e semipresenciais em todo o estado para o segundo semestre

De 2016 para cá, a indústria começou a se recuperar dos impactos da forte crise econômica que atingiu o Brasil entre 2014 e 2016, quando 76 mil postos de trabalho foram fechados na indústria do estado. De 2017 até abril de 2019, foram gerados 15 mil empregos no setor e somente nos quatro primeiros meses de 2019 quase 8 mil postos de trabalho foram abertos.

Com novas oportunidades de emprego, aumento do uso de tecnologias e a automatização de processos na indústria, torna-se cada vez mais necessária a busca por capacitação. Segundo o recém lançado relatório Tendências 2019-2020, realizado pelos Observatório Sistema Fiep, entre as novas capacidades exigidas pelas empresas estarão as habilidades híbridas. Com este cenário, os profissionais precisarão unir em uma só função diversas habilidades e conhecimentos de diferentes áreas. Além disso, de acordo com o documento, surgirão novas ocupações, atualizações das já existentes e aptidões que prometem desafiar empregados, estudantes e indústrias.

Cursos técnicos
Com o objetivo de qualificar e preparar trabalhadores para as novas exigências do mercado, o Senai no Paraná está com vagas abertas para cerca de 30 cursos técnicos presenciais e semipresenciais em todo o estado para o segundo semestre de 2019. Entre as opções ofertadas estão Eletrotécnica, Alimentos, Automação Industrial, Eletroeletrônica, Mecânica, Desenvolvimento de Sistemas 4.0, Logística e Segurança do Trabalho.

No Senai, os estudantes aprendem praticando em laboratórios que simulam a indústria, aprimoram o conhecimento e desenvolvem novas habilidades. Desta forma, após formados, têm mais chance de ingressar no mercado de trabalho.

Empregabilidade
Uma pesquisa encomendada pelo Sistema Fiep à Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) revelou que os egressos do Sistema passam menos tempo procurando emprego do que os outros – 62% conseguem um trabalho em até 6 meses e 50% tem mais chance de emprego com carteira assinada; sendo que a probabilidade de promoção também é maior: de 34%. Outra pesquisa do Senai, de 2017, revelou que um curso técnico do currículo de um profissional pode aumentar a renda média do trabalhador em até 18%.

As matrículas podem ser feitas na unidade do Senai mais próxima. Para mais informações, acesse cursocertosenai.com.br ou entre em contato pelo telefone 0800 648 0088.

About Author