Senai lança curso profissionalizante para formar técnico em mineração

O Sistema Fiep, por meio do Senai Paraná, está lançando o curso de formação profissional Técnico em Mineração. A iniciativa atende a uma demanda da indústria do setor, que sofre com a carência de mão de obra qualificada. O curso será ofertado pela unidade do Senai de Rio Branco do Sul, onde há uma grande concentração de indústrias do setor. Será semipresencial, com um total de 1280 horas, das quais 80% pelo sistema de educação à distância. O curso vai garantir aos formando o diploma de nível técnico de ensino médio. As aulas começam em outubro.

“A indústria necessita de técnicos atualizados. Atualmente, quando precisamos contratar, temos que buscar profissionais em outros estados já que não existe formação específica nesta área no Paraná”, informa Cláudio Grochowicz, empresário do setor e coordenador do Conselho Temático da Indústria Mineral da Fiep. Por conta desta carência de formação, segundo ele, poucas minerações possuem técnicos em seus quadros.

O curso do Senai é destinado tanto aos profissionais que já atuam no setor e precisam se qualificar quanto a pessoas sem experiência que têm interesse em investir nesta carreira profissional. “Nossa expectativa é que, além dos funcionários das empresas que queiram se aperfeiçoar na carreira, também tenhamos jovens escolhendo esta profissão que é muito importante para a economia em nosso país”, observa Grochowicz.

Os profissionais formados pelo Senai poderão atuar no apoio às frentes de lavra, nas usinas de beneficiamento de minerais, nos controles laboratoriais de apoio a mineração e na pesquisa geológica.

De acordo com o Senai, os requisitos exigidos para a matrícula são: ter concluído ou estar cursando o ensino médio, ser aprovado no processo seletivo, ter disponibilidade para participar de encontros presenciais quinzenais, aulas práticas em laboratórios e visitas técnicas. Além disso, por se tratar de curso semipresencial, é preciso ter acesso à internet com conexão de, no mínimo, 1 Mbps.

O Paraná tem cerca de 180 indústrias do setor de mineração, das quais aproximadamente 60% estão localizadas na Região Metropolitana de Curitiba, com grande concentração nos municípios de Rio Branco do Sul, Almirante Tamandaré e Colombo. De acordo com dados da Pesquisa Industria Anual (PIA), do IBGE, 43% da população da região não exerce atividade econômica. “Para esta parcela da população, que está fora do mercado de trabalho, o curso é uma grande oportunidade”, afirma o gerente da unidade do Sistema Fiep, de Rio Branco do Sul, Roberto Sgrott da Silva.

As inscrições para o curso estão abertas e podem ser feitas pelo site: senaipr.org.br

 

About Author