Décima segunda edição do Reatiba traz palestras para promover a diversidade nas empresas

Evento será realizado na semana do Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, em setembro.

Apenas 0,9% do total de carteiras assinadas no País são de pessoas com deficiência, o que representa apenas 418 mil indivíduos empregados. Os dados, divulgados em 2016, são da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e mostram o quanto as empresas ainda têm que trabalhar a inclusão. Na semana do Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência (21 de setembro) acontecerá no Campus da Indústria, em Curitiba, o XII Reatiba.

O evento, que será realizado no dia 19 das 8h30 às 11h30, trará à tona uma realidade: apesar dos inegáveis avanços nos últimos anos, o mercado de trabalho ainda carece de ações palpáveis de empregabilidade para as Pessoas com Deficiência (PcD). De acordo com o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2010 havia no Brasil 45 milhões de pessoas com deficiência, o que representa quase 24% da população.

“A inclusão da pessoa com deficiência no mundo do trabalho é importante para todos os setores da economia, não somente pela via legal e sim pela abordagem de ambientes com diversidade que incrementam a produtividade da indústria paranaense”, afirma a analista técnica e articuladora do Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial (CPCE), Sandra Mara Martins Bortot.

O XII Reatiba trata da inclusão da pessoa com deficiência no mundo do trabalho e terá como tema ‘inovar para incluir’. “Abordaremos os vieses inconscientes e como a redução desses vieses aumenta a inclusão, desempenho e resultados no mundo corporativo. Mostraremos que existem aplicativos que estão sendo usados para facilitar a vida dos profissionais com deficiência”, explica Sandra.

Neste ano a palestra principal será com a Dra. Mara Behlau, que abordará a estrutura cerebral – formatada para trabalhar em sociedade. A inscrição é gratuita e pode ser feita no site: https://bit.ly/2KTVl1v

Inclusão nas empresas

Sandra explica que algumas indústrias têm dificuldade na contratação de pessoas com deficiência por diversos motivos: pelo tipo de atividade, pela falta de acessibilidade física, falta de redes de contato para recrutar esses profissionais, pela escolaridade exigida, pelo turnover etc. “A inclusão desses profissionais tem sido facilitada por meio da flexibilização de escolaridade, por equipes de diversidade dentro das empresas que visam disseminar conteúdos e o conceito de  respeito à diversidade, em que as palestras e eventos como o Reatiba auxiliam muito. Entre os conselheiros existem vários bons exemplos de indústrias incluindo e muitos com a colaboração das organizações da sociedade civil cooperando na formação dessas pessoas”, afirma.

A analista afirma que algumas atividades de inclusão podem ser realizadas internamente. “Vão desde rodas de conversa, palestras de conscientização, treinamentos, campanhas com cartilhas e de comunicação intranet, conversas sobre adaptações físicas razoáveis e muitas vezes sem custo”.

Defende, também, que o conhecimento sobre Lei Brasileira de Inclusão pode ajudar a formação de líderes inclusivos, o desenvolvimento de programas de aprendizes com deficiência e capacitações em parceria com organizações da sociedade civil, que muitas vezes são os locais onde esses profissionais buscam capacitação, bem como o Sistema S por meio do Sesi e do Senai.

Programação

8h15 – 8h30 – Recepção

8h30 – 8h45 – Abertura com o superintendente do SESI/SENAI/IEL PR, José Antonio Fares, e com o diretor geral do Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial (CPCE), Rui Brandt.

8h45 – 10h15 – Vieses Inconscientes – Inclusão para Diversidade – com a Dra. em Distúrbios da Comunicação Humana, Mara Behlau, e com a especialista em Neuroliderança, Marisa Barbara.

10h15 – 11h15 – Rodada de diálogo sobre Tecnologias em prol da Inclusão com João Marcos de Mattos Barguil (Plataforma de Acessibilidade – Guia de Rodas), Anielli Santiago (Ebook de APPs – Senai) e Leonardo Mesquita (Portal Juntos pela Inclusão – ASID). Mediador: Felyppe Blum Gonçalves – engenheiro de Segurança Sesi.

11h15 – 11h30- Perguntas e respostas

Serviço

Data: 19/9

Horário: das 8h às 11h30

Local: Campus da Indústria – Av. Comendador Franco, 1341

Inscrições: https://bit.ly/2KTVl1v

Com informações do Sistema Fiep.

Fonte: Folha de São Paulo https://bit.ly/2kyS6Ch

 

About Author