Institucional > FIEP

BNDES libera crédito especial para municípios do Paraná

Quarenta e três setores produtivos têm acesso a financiamento de capital de giro.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) incluiu quarenta setores industriais de cinco municípios paranaenses no Programa de Apoio ao Fortalecimento da Capacidade de Geração de Empregos e Rendas (Progeren), disponibilizando a linha de crédito para financiamento de capital de giro.

A inclusão atendeu ao pedido do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), como forma de beneficiar as indústrias concentradas em Arranjos Produtivos Locais (APLs), que reúnem setores da mesma atividade ou complementares. ”É uma maneira de darmos sustentação aos APLs existentes e incentivarmos os segmentos que têm potencial para também se unirem”, disse Luiz Virgilio Macedo, diretor da área de Captação e Fomento da Fiep.

O Progeren é direcionado a micros, pequenas e médias indústrias e, de acordo com Macedo, a única linha do BNDES existente no mercado para financiar capital de giro das indústrias. Uma das exigências para a disponibilização de recursos é que haja aglomeração produtiva, justamente um dos itens levados em conta para a constituição do APL. ”Por isso, nos guiamos através da concentração já estabelecida nos pólos regionais”, complementa o diretor.

No total, de acordo com estimativas da Fiep, cerca de 600 estabelecimentos industriais estariam aptos a ingressar no programa. O Sistema Fiep encaminhou correspondência às indústrias cadastradas informando sobre o financiamento. Os interessados devem procurar instituição financeira credenciada pelo BNDES, até dia 30 de junho, para fazer a negociação.

As microempresas podem emprestar até 15% da receita operacional bruta de 2003, não excedendo R$ 100 mil; As pequenas até 10% da receita, limitando-se a R$ 500 mil; e as médias têm condições de financiar até 8%, desde que não ultrapasse a R$ 4 milhões.

A taxa de juros é de aproximadamente 15,25% ao ano (TJLP + até 5,5%) e o prazo é de 24 meses, sendo 12 de carência e 12 para amortização.

Veja os municípios beneficiados e os setores atendidos

Francisco Beltrão ? Setor confecções – Moda Social;
Pato Branco ? Setor confecções – Moda Social;
Campina Grande do Sul ? Fabricação de peças e acessórios de metal para veículos automotores;
Sengés – Desdobramento de Madeira;
Cornélio Procópio – Fabricação de equipamentos elétricos

About Author