Institucional > FIEP

Ferroeste

Fiep espera solução que atenda economia do Estado

Fiep espera solução que atenda economia do Estado

Estudo aponta a malha ferroviária como o principal gargalo logístico paranaense


A Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) está empenhada para que haja uma solução rápida e que atenda os interesses da economia estadual na questão que envolve a concessão da Estrada de Ferro Paraná Oeste (Ferroeste).

Estudo feito neste ano pela Fiep, em parceria com a consultoria canadense CPCS Transcom, aponta que o principal gargalo logístico paranaense está na malha ferroviária.

Hoje, 70% das cargas que saem do interior do Paraná em direção ao Porto de Paranaguá circulam por rodovias, cujo frete (tonelada por quilômetro) é quase quatro vezes maior do que o transporte por trem.
O custo mais alto, contudo, é compensado pelo prazo de entrega. Com a atual estrutura férrea do Estado, uma carga embarcada em um trem pode levar até sete dias para chegar ao porto. Mais da metade deste tempo é gasto em terminais de transbordo, uma vez que as linhas existentes limitam a utilização de vagões. 

About Author