Institucional > FIEP

Aprendizagem Industrial

Senai abre mais três turmas nos Campos Gerais

Senai abre mais três turmas nos Campos Gerais

Iniciam o curso de Auxiliar Administrativo de Produção Industrial  200 jovens, com idades entre 14 e 16 anos, de comunidades carentes de Ponta Grossa, Irati e Imbituva. 


Duzentos jovens, com idades entre 14 e 16 anos, de comunidades carentes de Ponta Grossa, Irati e Imbituva iniciaram nesta quarta (19) o curso de Aprendizagem Profissional Básica de Auxiliar Administrativo e de Produção Industrial. Promovido pela Regional Senai dos Campos Gerais, o curso, com duração de um ano e meio, visa proporcionar oportunidades de trabalho para jovens aprendizes em empresas que precisam cumprir a legislação trabalhista.

Com estas novas turmas, chega a 650 o número de jovens da região dos Campos Gerais beneficiados pela capacitação ofertada pelo Senai. O curso de Aprendizagem Profissional Básica de Auxiliar Administrativo e de Produção faz parte do projeto piloto para implantação de uma nova metodologia de formação por competências, que até o final de 2007 deverá ser adotada por Senais de todo o Brasil.

Em Ponta Grossa, onde o Senai oferece o curso em parceria com a prefeitura municipal, 100 alunos assistem a aula inaugural, às 13h30, na Casa Brasil, no Jardim Paraíso. Outros 50 alunos começam o curso em Irati. Quinta-feira, às 13 horas, mais 50 jovens carentes iniciam as aulas na Secretaria Municipal de Educação de Imbituva.

Além destas novas turmas, o Senai mantém quatro turmas, com 50 alunos cada, no Centro Social Marista Santa Mônica, parceiro no projeto piloto. Outros 100 jovens em situação de risco, divididos em duas turmas, estão sendo capacitados na Casa do Menor Irmãos Cavanis, outra parceira do Senai. Mais três turmas, com 50 alunos cada, fazem o curso na unidade do Senai Ponta Grossa.

Em Ponta Grossa, o primeiro município do país onde foi aplicado o projeto piloto, no início de 2005, o curso de Aprendizagem construído nesses moldes teve grande aceitação. Dos 45 alunos da primeira turma, diplomada em 8 de julho, 85% já estão empregados nas indústrias da região.

About Author