Institucional > FIEP

Importação a granel

Encontro visa desburocratização de processos

Encontro visa desburocratização de processos da importação


Iniciativa privada e poder público reúnem-se na sede da Fiep para discutir soluções para simplificar procedimentos de importação

Com o objetivo de implantar um processo de importação a granel confiável em termos de controle, eficiência e custos, um encontro entre a iniciativa privada – entidades e associações representativas de vários setores com o poder público – representado pela Receita Federal, será realizado às 9 horas desta sexta-feira (03), na sede da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), em Curitiba.

Durante o encontro, serão discutidas soluções para a redução do tempo de liberação da carga a granel e a redução da exigência de documentos como forma de simplificar e agilizar o processo de importação das mercadorias.

O grupo que vai se reunir é chamado de GT-5 (Grupos de Trabalho) da Aliança Procomex – uma iniciativa civil, de um grupo de entidades, reunidas informalmente com o propósito de formar força política e estratégica para dotar o Brasil de um Sistema de Fluxo Aduaneiro mais moderno e competitivo. A Aliança é composta por 6 Grupos de Trabalho, que por meio de encontros para discussões, em todos os segmentos, visam a melhoria dos processos ligados ao comércio internacional no Brasil. A importância deste trabalho é associada aos resultados proporcionados aos setores que atuam no mercado internacional. “O trabalho realizado por meio destas alianças vai beneficiar diretamente as empresas importadoras e exportadoras do Brasil”, afirma Henrique dos Santos, coordenador de Novos Negócios da Fiep e anfitrião do encontro desta sexta-feira. Ele informou também, que todos os empresários interessados na importação, a granel ou não, podem participar do evento. O trabalho do GT-5 tem o apoio da Fiep, da Associação Centro de Comércio Exterior do Paraná – CEXPAR e SINDIEXPAR.

Através da Aliança Procomex, as empresas podem melhor o conhecimento do processo aduaneiro e do impacto sobre seus negócios; garantir que questões críticas ao usuário serão consideradas, reduzir custos e prazos e reconhecer a confiabilidade das empresas nos processos exigidos do comércio e no relacionamento com a aduana, obtendo o potencial de introduzir políticas de governo eletrônico. O Governo, terá o aumento de receitas de comércio e de aduana, de produtividade e eficiência, da transparência e da prestação de contas.

As Organizações Internacionais aumentarão o comércio e o desenvolvimento do país, bem como as contribuições técnicas e compartilhamento das informações e soluções existentes, enquanto a sociedade poderá contar com um sistema mais transparente de prestação de contas e diminuição dos custos de bens e serviços. O novo modelo também inibe práticas abusivas, catalisando o desenvolvimento de negócios.


Serviço:
Encontro para desburocratização de processos de importação de produtos a granel
Data: 03/08 – Sexta-feira
Horário: 9h
Local: Sede da Fiep/Salão Nobre
Av. Cândido de Abreu, 200 (6º andar) – Centro Cívico – Curitiba/PR
Mais informações: (41)3271-9146 ou no site: www.procomex.com.br.

About Author