Fiep leva empresários à maior feira internacional de cosméticos na Itália

Comitiva participa da Cosmoprof Worldwide Bologna, que este ano terá como foco a indústria de spa

Uma comitiva empresarial composta por dezessete empresários da área de cosméticos do Paraná, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Pará, Bahia e Minas Gerais segue nesta quarta-feira (01) para a Itália em missão empresarial organizada pelo Centro Internacional de Negócios (CIN) do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). A comitiva vai participar da Cosmoprof Worldwide Bologna – maior feira internacional do mercado de beleza e de cosméticos, que acontece de 03 a 06 de abril, em Bologna. Esse ano, a feira tem como foco a indústria de Spa. Simultaneamente, acontece a Feira de embalagens – Cosmopack.

A Cosmoprof na verdade é um conjunto de feiras que engloba diversos segmentos da cosmética, como perfumaria, estética, wellness, cuidados com o corpo e SPA. O evento dispõe aos empresários, expositores e visitantes uma completa variedade de serviços. Em sua última edição, a Cosmoprof reuniu cerca de 2.200 expositores de 60 países participantes, sendo visitada por mais de 150 mil pessoas.

Cosmopack – A Cosmopack é uma exposição para profissionais, vitrine do packaging (embalagem) e da produção “private label” (para terceiros). O evento vai reunir num mesmo espaço as maiores agências internacionais de design, especializadas na criação e no desenvolvimento do produto “cosmético”. Além da participação na feira, a comitiva acompanha um seminário técnico organizado pela Unipro, entidade européia similar à Associação Brasileira das Indústrias de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosmético. No evento serão divulgados dados relevantes do mercado europeu de cosmético. Também faz parte da programação uma visita à Ambrósialab – indústria de matéria-prima do setor, em Ferrara.

A missão à Cosmoprof faz parte do Programa de Ações Integradas de Promoção Comercial, desenvolvido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e implementado pela Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN). A execução é de responsabilidade da Fiep, com a colaboração dos Centros Internacionais de Negócios dos demais estados e apoio do Programa Al Invest e do Programa de Internacionalização de Pequenas e Médias Empresas – PAIIPME da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). “O objetivo do programa é propiciar às empresas brasileiras uma oportunidade de prospecção de novas tecnologias e parceiros internacionais, além da troca de experiências inovadoras”, conta Janet Castanha Pacheco, coordenadora do CIN no Paraná.

 

About Author