Senai participa da Feira de Empregos para pessoas com deficiência

Evento promovido pela Prefeitura de Curitiba terá estande do Senai. A entidade apresentará os cursos, projetos, serviços e programas que realiza em prol da inclusão social

O Senai Paraná estará presente na I Feira do Emprego e Capacitação Profissional para Pessoas com Deficiência e no II Fórum sobre Escolaridade e Empregabilidade da Pessoa com Deficiência da Prefeitura Municipal de Curitiba. O evento, que visa discutir e auxiliar a inserção de pessoas deficientes no mercado de trabalho, acontece nesta quarta e quinta-feira (21 e 22), no Centro de Convenções de Curitiba (Rua Barão do Rio Branco, 370, Centro).

Com um estande montado na feira, o Senai  apresentará os materiais e projetos que produz e também os serviços que oferece para as pessoas com deficiência. Quem passar pela feira poderá conhecer, por exemplo, detalhes sobre o Curso de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), ofertado pelo Senai desde o início deste ano e que já atendeu cerca de 300 pessoas.

Outra ação do Senai que estará exposta é o Programa Senai de Ações Inclusivas, desenvolvido nacionalmente e que visa incluir pessoas com necessidades educativas especiais em cursos regulares do Senai. No Paraná, o programa é realizado há nove anos e já capacitou 1.860 pessoas com deficiências. O objetivo é auxiliar a colocação profissional e contribuir para que as indústrias cumpram a Lei 8.213, de 1991 que exige de empresas com 100 ou mais empregados, a contratação de 2% a 5% de pessoas com deficiência.

O fórum será aberto na quarta-feira, às 18h30, e segue na quinta-feira (22), a partir das 8 horas, horário em que inicia a feira.

clique para ampliar Professora do Senai criou peças exclusivas para crianças com deficiência motora (Foto: Renan Pissolatto)

Projetos especiais – O Senai Paraná também levará projetos desenvolvidos por alunos e professores para facilitar a vida de pessoas com necessidades especiais. Um deles é a coleção de roupas para crianças e adolescentes com deficiência motora, criada pela professora de Moda do Senai Cianorte, Leny Pereira. As peças têm diversos detalhes que facilitam o ato de vestir, como um deslocamento de costura, recortes nas costas, acabamento de costura com “pences” mais suaves e aviamentos mais fáceis e confortáveis – como botões de plástico ao invés de ferro.  

Outro projeto é uma rampa que amplia a segurança, autonomia e acessibilidade de pessoas com deficiência. O equipamento é inédito no mercado e foi desenvolvido por alunos do curso Técnico em Mecânica Industrial do Senai de Foz do Iguaçu.  

About Author