Após competição do Senai, startups paranaenses estão prontas para a Open Innovation Week

Empresas que participaram do Desafio Paraná de Startups trocam experiências no principal evento de inovação do País, que acontece nesta semana em São Paulo (SP)

Dezesseis startups paranaenses, que participaram do Desafio Paraná de Startups, promovido pelo Senai do Paraná, foram convidadas a participar do principal evento corporativo de inovação do país: a Open Innovation Week, organizado pela empresa Wenovate. Entre os dias 22 e 26 de fevereiro, essas empresas terão contatos com grandes empresários e investidores de todo o Brasil, em uma importante troca de experiências, networking diferenciado e informações para o futuro dessas startups. O Paraná é um dos estados com o maior número de participantes e todos os anos se destaca pelo número de inscrições no Desafio Paraná de Startups.

A startup Genoprimer, vencedora do Desafio Paraná de 2015, estará na Open Innovation Week e se preparou para a semana de interação. A empresa do ramo de saúde que trabalha com diagnóstico molecular está há cinco anos no mercado. A expectativa para a participação no evento é animadora, segundo a diretora de pesquisa, desenvolvimento e inovação da Genoprimer, Irina Riediger. “Conversamos muito de perto com o Senai para afinar e ajustar o nossopicth (apresentação do negócio). A Open Innovation Week será uma vitrine para a empresa. Abre possibilidade para contatos com futuros clientes e investidores”, diz.

Segunda colocada no Desafio Paraná de 2015, a Beenoculus, que realiza pesquisas e investimentos em inovação na área de educação, tem passado por um acúmulo de experiências nos diversos prêmios dos quais participa desde o ano passado, conforme explica o co-fundador e diretor de marketing da startup, Rawlinson Peter Terrabuio. “Vamos levar nossos equipamentos de software para mostrar ao público. Esta será uma oportunidade para mostrar nosso trabalho para quem está em busca de novas soluções”.

Preparação

O Senai no Paraná acompanha a preparação das startups, conforme explica Caroline Aguiar, responsável pela organização do Desafio Paraná de Startups, etapa regional do Desafio Brasil e do Movimento 100 Open Startups, um dos eventos dentro da Open Innovation Week. “O Senai faz a orientação aos empreendedores na etapa que antecede ao evento e acompanhamento dos empreendedores a São Paulo, orientando o pitch e dando apoio no estabelecimento de contato com possíveis empresas interessas conectadas ao movimento”.

Conforme explica Caroline, a participação das empresas no Desafio Paraná de Startups possibilita aprendizagens e bons contatos para futuros eventos. “Os empreendedores que participaram de edições anteriores dizem que participar do Desafio Paraná de Startups foi um privilégio que abriu definitivamente as portas para outras conquistas das startups”, diz.

Estado empreendedor

O Paraná é um dos estados com mais startups participando do Movimento 100 Open Startups. De acordo com Caroline, isso mostra a consolidação do ecossistema de startups paranaenses. “Temos empreendedores cada vez mais maduros e competitivos, com negócios de alto impacto ao mercado nacional e internacional”.

De acordo com o gerente executivo do Centro Internacional de Inovação do Senai no Paraná, Filipe Cassapo, a capital Curitiba, em especial, tem alguns pontos fortes para que o empreendedorismo das startups tenha um cenário favorável: “os pontos fortes da cidade de Curitiba, em termos de atração, desenvolvimento e retenção de empreendedores de alto impacto, são a qualidade de vida, o maior acesso à internet com alta qualidade, e o uso efetivo de propriedade intelectual”, cita.

Sobre o Desafio Paraná de Startups

É uma competição que já teve seis edições, a última delas em dezembro de 2015, e seleciona as melhores startups paranaenses. As empresas vencedoras ganham prêmios e visibilidade no mercado. Trata-se de uma iniciativa de apoio aos empreendedores paranaenses para que alcancem visibilidade a nível nacional e internacional. A competição ajuda empresas emergentes a ganharem esse destaque, além do apoio em consultorias do Centro Internacional de Inovação. O Senai no Paraná, há seis anos desenvolvendo o Desafio Paraná de Startups, também está há quatro anos como parceiro da Fundação Getúlio Vargas e da Wenovate, empresa que realiza o Movimento 100 Open Startups em São Paulo.

About Author