De produtos sustentáveis a boas ações: estudantes paranaenses criam miniempresas com produtos inovadores

Mais de 300 jovens participaram do programa Miniempresa, criado pela Junior Achievement, em parceria com o Sistema Fiep

Créditos: Gelson Bampi

Quais os desafios de comandar uma empresa? Como ter uma boa ideia e conseguir não só desenvolvê-la, mas também lucrar com o produto? Com o objetivo de incentivar o espírito empreendedor nos jovens, ampliando o desenvolvimento pessoal e proporcionando uma visão clara do mundo dos negócios é que surgiu o Programa Miniempresa, criado pela Junior Achievement nos Estados Unidos e que há 16 anos está presente no Paraná, em parceria com o Sistema Fiep. Durante quinze semanas, estudantes do ensino médio de todo o estado recebem treinamento e mentoria com foco em áreas como finanças e marketing. Nesse tempo, os jovens criam miniempresas e aprendem como gerir um negócio.

Neste ano, onze escolas, 307 alunos e 46 profissionais voluntários participaram do programa. “Participar da Junior Achievement foi uma oportunidade incrível. Além de aprender a trabalhar em equipe, nós também aprendemos na prática como é ter uma empresa”, afirma o jovem Estevam Wybe Sanches, da miniempresa Tomaê. Segundo o jovem, a Tomaê desenvolveu um canudo reutilizável, feito com aço e inox. “O uso do canudo é comum no mundo todo. No entanto, o plástico leva 500 anos para se decompor na natureza. O que fizemos foi criar uma alternativa sustentável”, ressalta.

A miniempresa Helpiá, composta por alunos do Colégio Sesi Internacional, criou pulseiras e o lucro das vendas foi usado para confeccionar penais para presentear crianças que hoje vivem em lares de adoção em Curitiba. “Nossa ideia é quebrar um círculo vicioso, já que a maioria das doações que chegam nos lares são de coisas usadas. Queremos dar a eles algo novo, para que essas crianças se identifiquem. Por isso, a cada pulseira vendida, um penal será doado. Além de ganhar o penal, a criança também poderá personalizá-lo da forma como quiser”, explica Lucca Stahlke, diretor de marketing da Helpiá.

Na quarta-feira (25), o Sistema Fiep, em parceria com a Junior Achievement, realizou a formatura dos jovens participantes do Programa Miniempresa. Na cerimônia, a presidente do Conselho Consultivo da Junior Achieviment, Sueli Campagnolo, enfatizou que os jovens precisam ser empreendedores para a vida. “É preciso planejar, ter objetivos e, se as coisas não derem certo, trocar o plano. Eu tenho certeza que todos os participantes deram o melhor no Programa Miniempresa”.

Créditos: Gelson Bampi

Premiação

Para fechar a noite de formatura, algumas miniempresas foram premiadas pelo trabalho realizado. No prêmio Miniempresa Destaque, venceram as equipes Tomaê, Helpiá e Beezip, respectivamente.

Categoria Produção: Tomaê

Categoria Finanças: TCLeaners

Categoria Marketing: Helpiá

Categoria Recursos Humanos: Fio de Alegria

Categoria Sustentabilidade: Pamboo

Categoria Produto Destaque: Quartenus

 

Como participar do Programa Miniempresa

Os colégios interessados em fazer parte da próxima edição da Junior Achievement podem entrar em contato diretamente com a instituição. Se o desejo é ser voluntário, a inscrição pode ser feita pelo e-mail diretoria@japr.org.br.

 

Sobre o programa miniempresa – Junior Achievement

Entusiasmar jovens para conhecer o mercado de trabalho é um dos caminhos para descobrir novas lideranças e estimular a criação de novos produtos e serviços. A Instituição, sem fins lucrativos, tem o objetivo de incentivar o espírito empreendedor ainda na escola, ampliando o desenvolvimento pessoal e proporcionando uma visão clara do mundo dos negócios.

About Author