Programa ViraVida forma jovens para o mercado de trabalho em Curitiba e Foz do Iguaçu

Formatura do programa que proporciona o desenvolvimento pessoal e profissional de jovens aconteceu no dia 19 de dezembro em Curitiba

Estudantes do Programa ViraVida Paraná, desenvolvido pelo Sistema Fiep por meio do Sesi no Paraná, concluíram sua participação no programa em cerimônia de formatura realizada no dia 19 de dezembro, no Campus da Indústria do Sistema Fiep. A turma iniciou a etapa de pré-aprendizagem em setembro de 2017. Durante esse período, os jovens realizaram atividades relacionadas ao empreendedorismo, lazer, cultura, saúde, cidadania, desenvolvimento humano, resgate da autoestima, comunicação interpessoal, valores sociais, robótica, entre outros. Além disso, os alunos também contaram com aulas de português e matemática.

“A formatura é um momento incrível de fechamento de um ciclo. É muito bom poder acompanhar cada um desses jovens e suas histórias de transformação, contribuindo para seu crescimento, propiciando um espaço para que eles possam descobrir a sua competência e colocá-la em prática”, conta Karin Bruckheimer, coordenadora de ações estratégicas do Sistema Fiep e do Programa ViraVida.

Orgulhosas, também, estão as famílias dos formandos. É o caso de Ivonete Almeida Eugênio, auxiliar de cozinha e mãe de Paloma Reni Almeida Eugênio, uma das alunas formadas. “É uma vitória que conquistamos juntas. Dediquei-me para conseguir a vaga e minha filha sempre foi muito focada nos seus objetivos. Este é só o começo da carreira profissional dela”, conta. “Agradeço muito a esse programa que nos dá a oportunidade de oferecer uma formação melhor para nossos filhos”, completa.

Paloma, que durante o programa pode atuar como aprendiz em um hospital de Curitiba, concorda: “Tenho muito orgulho de ter participado do projeto. No começo, achei que seria muito difícil, mas me mantive dedicada e consegui vencer essa etapa. Pretendo me formar e continuar meus estudos em busca de novas oportunidades”.

Programa ViraVida

Criado em 2010, o ViraVida atende 140 adolescentes (entre 15 e 21 anos) em situação vulnerabilidade social, nas cidades de Curitiba e região, Foz do Iguaçu e Santa Terezinha de Itaipu. Durante esta década, 1192 jovens foram atendidos e 92% avançaram o grau de escolaridade.

O processo de triagem para seleção dos jovens acontece durante um encontro com as autoridades da rede de proteção a crianças e adolescentes. Os selecionados passam por um momento de pré-aprendizagem durante seis meses, que inclui educação básica, atendimento psicossocial, acompanhamento pedagógico, formação profissionalizante, noções de autogestão, empreendedorismo, além de encaminhamento para o mercado de trabalho. “Nesse período o adolescente recebe uniforme, vale transporte, alimentação, como se fosse um contraturno, ou seja, um trabalho educacional com viés social”, explica Karin.

Um dos destaques do projeto é a efetividade dos alunos no desenvolvimento socioeducativo. Segundo informações apuradas pelo programa, mais de 90% dos jovens que fizeram parte do projeto obtiveram um avanço significativo na escolaridade após a sua participação. Depois do período de pré-aprendizagem, de acordo com o seu perfil profissional, os jovens são encaminhados para o mercado de trabalho. O projeto conta com empresas parceiras que realizam processos seletivos para a inserção dos adolescentes no seu quadro profissional.

Formatura ViraVida Curitiba 2019

About Author