Flexibilidade e capacidade para inovar são requisitos do atual mercado de trabalho

Com projetos inovadores, as Faculdades da Indústria preparam o estudante para exercer plenamente suas competências profissionais. Inscrições para vestibular estão abertas

O ensino superior tem sido uma opção oportuna para milhares de brasileiros que estão à procura de uma melhor colocação no mercado de trabalho. Nos últimos dez anos, o número de brasileiros, entre 25 e 34 anos, com ensino superior completo subiu de 11% para 21%. Os dados são do relatório Education at Glance 2019, divulgado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Com a necessidade de se adaptarem às mudanças e a novas tecnologias, as organizações procuram profissionais capacitados, criativos e transformadores. Colocando a inovação no centro de todas as suas atividades acadêmicas, as Faculdades da Indústria do Sistema Fiep ofertam cursos com metodologias de ensino que aliam teoria e prática. “Qualificamos profissionais capazes de atuar em equipes multidisciplinares, de resolver problemas com criatividade e agilidade, de transformar desafios em oportunidades e, assim, fazer a diferença nas empresas”, comenta Carlos Eduardo Leite, gerente de Ensino Superior do Sistema Fiep.

Segundo o gerente, todo o processo de ensino facilita a inclusão do profissional no mercado de trabalho, antes mesmo da formatura. “Nas Faculdades da Indústria o estudante é protagonista do aprendizado e, desde o primeiro ano, participa de atividades e competições, desenvolvendo projetos reais para empresas reais, conquistando um portfólio extenso e consistente ao final do curso. Sem dúvida, essa experiência prática adquirida é um diferencial para competir no mercado”, acrescenta.

A empresa Polionda de São José dos Pinhais, especializada na produção de chapas de plásticos, é uma das organizações preocupadas em recrutar colaboradores com habilidades e competências que adicionem valor ao negócio. “Buscamos perfis bem qualificados com o objetivo de alcançar soluções inovadoras, que agreguem conhecimento”, destaca Alessandra Filipaki, gerente financeira de Recursos Humanos (RH) da companhia.

 

Vestibular 2020 das Faculdades da Indústria

Estão abertas as inscrições para o Vestibular de Verão 2020 das Faculdades da Indústria. São mais de duas mil vagas abertas para 29 graduações em Curitiba, nas unidades Campus da Indústria e CIC, São José dos Pinhais e Londrina.

A prova do vestibular tradicional será realizada no próximo dia 8 de fevereiro. Já as provas agendadas podem ser feitas até o dia 20 de março de 2020. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no site www.faculdadesdaindustria.org.br/.

 

Concurso de bolsas

O candidato que realizar o vestibular tradicional, com a prova presencial prevista para o dia 8 de fevereiro, estará automaticamente concorrendo a uma bolsa integral no curso para o qual se inscreveu. Será contemplado com a bolsa o primeiro colocado na classificação geral do vestibular. Em caso de empate, será avaliado o concorrente com maior nota em redação, português e matemática, respectivamente.

 

Serviço:

Inscrições vestibular tradicional: até 07/02/2020

Data prova: 08/02/2020

Provas agendadas: até 20/03/2020

Início das aulas: 17/02/2020

www.faculdadesdaindustria.org.br

 

Cursos oferecidos:

 

Curitiba – Campus da Indústria

Administração

Licenciatura em Ciências Humanas

Licenciatura em Ciências Naturais

Design de Moda

Engenharia Automotiva

Engenharia de Energias

Licenciatura em Linguagens e Códigos

Licenciatura em Matemática

 

Curitiba – CIC

Automação Industrial

Biotecnologia

Eletrotécnica Industrial

Engenharia Mecânica

Engenharia Mecatrônica

Fabricação Mecânica

Gestão da Produção Industrial

Meio Ambiente e Energias Renováveis

Processos Químicos

Sistemas Embarcados

 

São José dos Pinhais

Administração

Ciências Contábeis

Direito

Engenharia de Produção

Engenharia de Software

Gestão da Produção Industrial

Gestão de Recursos Humanos

Logística

Pedagogia

Processos Gerenciais

Sistemas de Informação

 

Londrina

Automação Industrial

Engenharia de Software

Engenharia Elétrica

Engenharia Mecânica

Fabricação Mecânica

Manutenção Industrial

About Author