Coluna > Coluna semanal

Senai no Paraná e Faculdades da Indústria estão com as matrículas abertas

Apostar na qualificação será diferencial para profissionais que buscam recolocação ou almejam alavancar suas carreiras

Na retomada, mercado precisará de profissionais atualizados: Senai tem vagas abertas para cursos no 2° semestre (Foto: Mariana Fachini)

Um estudo realizado pelo Senai aponta que o país terá que capacitar até 2023 cerca de 10,5 milhões de trabalhadores em nível superior, técnico, de qualificação profissional e aperfeiçoamento. A pesquisa trouxe grandes números ainda no ano passado, quando foi divulgada. Com a inesperada crise causada pela pandemia do Novo Coronavírus, é fato que as indústrias precisarão de colaboradores atualizados para ajuda-las na retomada.

Por outro lado, apostar na qualificação será um grande diferencial para profissionais que estão buscando recolocação, assim como colaboradores que almejam alavancar suas carreiras. Para quem está de olho no futuro, o Senai no Paraná está com vagas abertas para cursos em diversas áreas, como mecânica, eletrônica, logística, administração, informática, entre outras. No total, são mais de 28 unidades do Senai no Paraná que ofertam aproximadamente 30 mil vagas para cursos no 2° semestre.

São cursos técnicos e rápidos – de qualificação e aperfeiçoamento. “Com a retomada, certamente aquelas pessoas que tiverem conhecimento mais especializado terão possibilidade maior de recolocação no mercado”, comenta Giovana Chimentão Punhagui, gerente executiva de Educação do Sistema Fiep.

Ensino superior
Se num mundo pré-Covid a tecnologia já estava presente em quase todas as atividades cotidianas, a pandemia comprovou que ela pode ser a peça-chave para o desenvolvimento da sociedade. De acordo com dados da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), até 2024 o mercado deve demandar 70 mil profissionais de tecnologia por ano, número bem acima dos 46 mil formados na área anualmente.

Com o foco nas demandas atuais e futuras do setor industrial, as Faculdades da Indústria preparam profissionais nas áreas de tecnologia, além de engenharia, design e gestão. São mais de 1.300 vagas abertas nos cursos de graduação em Curitiba, São José dos Pinhais e Londrina. Entre os cursos oferecidos destacam-se as Engenharias Mecânica, Mecatrônica, Elétrica, Química, de Produção, de Software, de Energias e de Meio Ambiente e Energias Renováveis. Também são ofertadas as graduações em Design de Moda, Design de Interiores e os tradicionais cursos de Fabricação Mecânica, Automação Industrial e Processos Gerenciais. Para manter o isolamento durante o período de quarentena, o vestibular será totalmente online e as inscrições podem ser feitas até 21 de agosto.

Já quando o assunto é pós-graduação, as Faculdades da Indústria ofertam a Pós Unique, um modelo com estrutura curricular 100% flexível e online, que permite ao estudante personalizar sua jornada de formação, além dos cursos na modalidade lato sensu em Curitiba, São José dos Pinhais e Londrina, como Cibersegurança, Engenharia de Veículos Híbridos e Elétricos, Engenharia de Automação Industrial, especialização em Finanças e em Gerenciamento de Projetos, entre outros.

Para mais informações sobre os cursos, matrículas e inscrições, acesse sistemafiep.com.br/educacao.

About Author