Em meio à pandemia, Aceleradora Sistema Fiep continua oferecendo soluções a grandes empresas por meio da conexão com as startups

Aceleradora é dos principais atores de inovação em Curitiba, cidade considerada um dos ecossistemas mais promissores do mundo

Considerada um dos ecossistemas de inovação mais promissores do mundo, pelo ranking Global Startup Ecosystem Report 2020, todos os olhares se voltam a Curitiba neste momento. E certamente um dos atores que garantiram a inclusão de Curitiba no “Top 100 Ecossistemas Promissores do Mundo”, do Startup Genome, foi a Aceleradora Sistema Fiep, que atua na área há nove anos como um dos precursores em se tratando de relacionamento com startups na capital paranaense. Mesmo durante a pandemia do novo coronavírus, a Aceleradora continua a todo vapor, trazendo diversas novidades para o mercado.

“Nesse contexto de Covid-19, as regras de negócios têm mudado muito rapidamente, alterando também a lógica de mercado pré-existente. E nesses ambientes de mudanças rápidas, a velocidade passa a ser um fator de competitividade, ou seja, as empresas que forem mais rápidas terão um diferencial de mercado. Desta forma, torna-se ainda mais interessante a conexão de grandes empresas com as startups, pois desta relação é possível reunir o a velocidade das startups com a escala das corporações”, analisa Felipe Couto, Gerente de Inovação e Produtividade do Sistema Fiep.

Somente nos últimos dois meses, foram graduadas seis startups pela unidade. “De forma geral, as startups passam de um a dois anos na Aceleradora, período que precisam para validar suas soluções no mercado. Assim que elas conseguem vender seus produtos ou passam a receber investimentos, estão prontas para graduar”, explica Priscilla Tie Assahida, consultora de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação do Sistema Fiep. As seis startups graduadas nesse período, que coincidiu com a pandemia de Covid-19 no Brasil, são Vidya (desenvolvimento de software de monitoramento e inspeção de plantas de petróleo e gás), Exy (produção de exoesqueletos para redução de acidentes de trabalho), Plipag (solução para gestão de pagamentos e relacionamento com cliente na área financeira de sindicatos), Leadfinder (solução de marketing digital, para prospecção de clientes com automatização  e inteligência), Versa (TV corporativa e gestão de filas para atendimento à Covid-19, com automatização) e Edukamaker (cultura maker  como  uma ferramenta para diminuir os déficits educacionais e desenvolver novas tecnologias para a educação), sendo as três primeiras de Curitiba e as demais de Pato Branco.

Ao todo, ao longo dos nove anos de sua existência, cerca de 45 startups já passaram pela Aceleradora Sistema Fiep. Atualmente, a unidade atende 18 delas, mas o número deve aumentar para 25 em breve (20 residentes e cinco não residentes), com o lançamento de uma nova chamada para startups que estejam interessadas em receber apoio da Aceleradora para consolidação de seus negócios. Além disso, a nova chamada deve contemplar espaço para scaleups (empresas em estágio de consolidação e crescimento, mas que já tenham uma maturidade maior do que as startups, com faturamento estável ou em crescimento nos últimos três anos) e corporates (grandes empresas e corporações que desejem se conectar com as startups).

 

Sobre a Aceleradora Sistema Fiep

A Aceleradora Sistema Fiep, localizada no Campus da Indústria, em Curitiba, existe há nove anos, promovendo aceleração de startups que desenvolvem soluções para indústrias e smart cities. Para participar do programa de aceleração, as empresas precisam ter um Mínimo Produto Viável (MVP), ou seja, um produto que tenha sua funcionalidade mínima pronto para ser entregue ao mercado. Também é necessário ter as documentações completas e atualizadas. O contrato de aceleração não requer que a Startup ceda equity e tem duração de 12 meses prorrogáveis por mais 12. Durante esse período, o Sistema Fiep ajuda a estruturar planos de ação e de negócios, desenvolvimento de portfólio de produtos e serviços, além de levantar potenciais investidores e clientes. Mais informações estão disponíveis no endereço www.sistemafiep.com.br/aceleradora.

 

About Author