Faculdades da Indústria oferecem novas oportunidades de bolsas de estudos para o ano letivo de 2021

As novidades incluem descontos para alunos com boas médias no Enem e também para o primeiro colocado no concurso de bolsas

Com a alteração do cronograma do ENEM muitos candidatos que esperam a seleção para o PROUNI e o FIES estão preocupados com a continuidade dos estudos na educação superior. Pensando neste público, as Faculdades da Indústria estão com novidades para o processo seletivo do ano letivo de 2021.

A primeira delas é que candidatos que tenham obtido no mínimo de 500 pontos de média no Enem nas edições de 2018 e 2019 poderão solicitar descontos de 25% em qualquer curso de graduação. Com isso, os candidatos poderão utilizar as notas das provas de anos anteriores, dispensando a realização de prova e pleiteando o desconto na mensalidade durante o curso todo.

E para quem não fez o Enem nos anos passados ou deseja uma bolsa integral, a outra novidade é que o Concurso de Bolsas 2021. O candidato que passar em primeiro lugar geral  no vestibular tradicional das Faculdades da Indústria terá direito a bolsa de estudos de 100%, ao longo de todo o curso de graduação que o candidato escolher. As inscrições para o vestibular tradicional das Faculdades da Indústria tiveram início no dia 21 de dezembro e seguem até 10 de fevereiro. O edital com as informações completas sobre o processo seletivo está disponível no site da instituição.

 Faculdades da Indústria no Paraná

Presentes em três cidades paranaenses (Curitiba, São José dos Pinhais e Londrina), as Faculdades da Indústria oferecem 29 opções de graduações em quatro campi (são dois em Curitiba, o Campus da Indústria e na Cidade Industrial de Curitiba). Entre os cursos ofertados, está a graduação em Engenharia Elétrica, na unidade de Londrina, que é responsável por este projeto, além de outras graduações nas áreas de Engenharia, Tecnologia, Indústria 4.0, Moda, entre outras.

 SOBRE O SISTEMA FIEP

O Sistema Fiep é composto pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL). As instituições trabalham integradas em prol do desenvolvimento industrial. Com linhas de atuação complementares, realizam a interlocução com instâncias do poder público, estimulam o fomento de negócios nacionais e internacionais, a competitividade, a inovação, a tecnologia e a adoção de práticas sustentáveis, e oferecem serviços voltados à segurança e saúde dos trabalhadores, à educação básica de crianças, jovens e adultos, à formação e aperfeiçoamento profissional, à formação de nível superior, além de capacitação executiva.

About Author