Fóruns da Fiep já mobilizaram mais de 600 lideranças em três regiões do Paraná

Encontros servem para destacar importância da indústria e levantar prioridades para política industrial do Paraná; próximo evento acontece em Londrina, em 3 de maio

Encontro em Cascavel abriu a série de lançamentos dos Fóruns Regionais (Foto: Gelson Bampi)

Mais de 600 lideranças, de três regiões do Estado, já participaram dos eventos de lançamento dos Fóruns Permanentes Regionais da Indústria, uma mobilização que a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) vem promovendo desde março. Nos encontros, realizados nas cidades de Cascavel, Francisco Beltrão e Maringá, temas como empregabilidade, infraestrutura, energia e inovação foram apontados como prioritários para o desenvolvimento do setor – subsídios que serão utilizados pela Fiep para a elaboração de uma proposta de política industrial para o Paraná. O próximo município a receber a iniciativa é Londrina, em 3 de maio, envolvendo toda a região Norte.

A expressiva presença de empresários, lideranças industriais, representantes de entidades ligadas ao setor produtivo e autoridades nos encontros, em cada uma das regiões já visitadas, mostra que a Fiep vem conseguindo mobilizar a sociedade em torno do crescimento da indústria. “Estamos mostrando que, onde uma cadeia industrial se instala e se consolida, há mais geração de riquezas, empregos e oportunidades, o que impulsiona o desenvolvimento econômico e social daquela região”, afirma o presidente da Fiep, Edson Vasconcelos.

Ele acrescenta que as contribuições coletadas nos eventos já realizados, além dos que ainda ocorrerão em maio e junho, servirão para orientar os próximos passos dos Fóruns Permanentes Regionais da Indústria. “A partir desses eventos, realizaremos oficinas temáticas ao longo de todo o ano para aprofundar os debates e coletar novos subsídios que nos ajudem a formular propostas para uma política industrial capaz de transformar o Paraná no melhor lugar para a indústria no país”, explica.

Prioridades regionais e municipais
Durante os eventos, os participantes são convidados a eleger, entre uma lista de temas que impactam diretamente a atividade industrial, aqueles com maior relevância para o setor na região. Em todas as regionais já consultadas, questões relacionadas a empregabilidade e infraestrutura estiveram entre as três mais votadas. Em Cascavel e Francisco Beltrão, a preocupação com o fornecimento de energia também teve destaque, enquanto em Maringá a inovação apareceu como a terceira prioridade.

Também foram indicados os temas mais relevantes que precisam ser aprimorados em âmbito municipal para melhorar o ambiente para a instalação de indústrias. Entre as principais ações indicadas estiveram incentivos fiscais, a criação de parques industriais e de planos diretores, além da elaboração de planos de atração de investimentos.

Em Francisco Beltrão, evento aconteceu na sede da Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Foto: Gelson Bampi)

Aproximação com o interior
Para participantes dos primeiros eventos, um dos principais méritos dos Fóruns é proporcionar uma aproximação efetiva da Fiep com as diferentes regiões do Paraná. “Os Fóruns fazem uma via de mão dupla entre a força da Federação e o interior do Estado, para construir uma política que realmente tenha resultados para melhorar a nossa condição no Paraná”, destacou, em Cascavel, o empresário João Alberto Soares de Andrade, que é vice-presidente da Federação e presidente do Sindicato das Indústrias da Madeira e do Mobiliário do Oeste do Paraná (Sindmadeira Oeste).

Os eventos também têm envolvido representantes de agências de desenvolvimento municipal e regional, como foi o caso do Conselho de Desenvolvimento Econômico Sustentável de Cascavel (Codesc). “É importante valorizar a iniciativa da Fiep de interiorizar suas ações, já que é a Federação mais forte do Estado do Paraná”, disse o presidente do Codesc, Alcir Rota Júnior. “Estamos muito otimistas porque sabemos que a indústria é um dos grandes pilares da economia da nossa região e do nosso Estado. Tudo o que a gente conseguir avançar em benefício da indústria, os resultados são em curto prazo e geram muita riqueza na região”, acrescentou.

Autoridades políticas, que são convidadas a debater o desenvolvimento industrial nos Fóruns, também valorizam a aproximação da Fiep. “Este fórum traz a Federação para o interior do Estado, para cidades de menor porte, mas que têm também o seu potencial industrial”, ressaltou o prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana. “Certamente, deste fórum vamos levar muitas informações para a capital, e é algo que vai melhorar em muito a condição da indústria local, regional e do nosso Paraná”, completou.

Conselhos Regionais
Além da mobilização por meio dos Fóruns Permanentes Regionais da Indústria, a aproximação da Fiep com todas as regiões do Estado também se dará com a formação de Conselhos Regionais, que estão sendo instalados nos eventos. “Os Fóruns e os Conselhos são uma grande iniciativa para que nós possamos aproximar a Federação e toda estrutura do Sistema Fiep dos nossos industriais”, afirmou, em Francisco Beltrão, o empresário Edgar Behne, que assumiu a coordenação do Conselho Regional do Sudoeste. “Isso vai dar uma capilaridade muito grande à Fiep e fazer com que a participação dos nossos industriais aumente”, acrescentou Behne, que é também vice-presidente da Fiep e presidente do Sindicato das Indústrias Madereiras e Moveleiras do Sudoeste do Paraná (Sindimadmov).

Entidades parceiras na mobilização dos Fóruns também destacam o maior diálogo que a iniciativa da Fiep proporcionará com o setor produtivo de todo o Paraná. “Interiorizar a Fiep, aproximar das vocações regionais, é de extrema importância”, declarou, em Maringá, o presidente do Conselho Superior da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap). “Tenho certeza de que esse movimento de Fóruns da Indústria vai transformar cada cantinho do Paraná”.

Opinião parecida com a do diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Tioqueta, que participou dos encontros em Francisco Beltrão e Maringá. “A ideia dos Fóruns Regionais da Indústria é muito interessante porque a partir de um debate, de uma construção regional, você consegue ter uma estratégia definida para cada região e pode também trabalhar o Estado do Paraná como um todo”, opinou.

Em Maringá, lideranças lotaram o auditório da Associação Comercial e Empresarial do município (Foto: Davi Bortolossi)

Parceiros estratégicos
Em todo o processo de instalação dos Fóruns Permanentes Regionais da Indústria, estão sendo envolvidos empresários, lideranças industriais, sindicatos empresariais e representantes do poder público e de instituições ligadas ao setor produtivo de cada região. Entidades como a Faciap, o Sebrae/PR, as Associações de Municípios e as Agências Regionais de Desenvolvimento, além do governo do Estado – por meio das secretarias do Planejamento, da Indústria, Comércio e Serviços e do Trabalho, Qualificação e Renda – também são parceiras institucionais da iniciativa.

Próximos Fóruns
Depois dos eventos já realizados em Cascavel, Francisco Beltrão e Maringá, o próximo encontro será realizado em 3 de maio, em Londrina, na região Norte. A reunião ocorrerá no Centro de Eventos Aurora Shopping, das 8h às 12 horas. Posteriormente, também acontecerão eventos na região dos Campos Gerais – começando por Irati, em 10 de maio – e, por fim, em Curitiba, envolvendo toda a região metropolitana da capital e o litoral do Estado.

Sistema Fiep - Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná
Av. Cândido de Abreu, 200 - Centro Cívico - 80530-902 - Curitiba-PR