Institucional > FIEP

Cultural

Sesi Paraná leva Gota D Água a Londrina, neste domingo

Sesi Paraná leva “Gota D’ Água” a Londrina, neste domingo

A apresentação deste clássico do teatro nacional marca o lançamento em Londrina do programa Sesi Cultural, formado por uma série de projetos para indústrias, trabalhadores e comunidade



O Sesi Paraná leva a Londrina neste domingo (23) a peça Gota D Água, de Paulo Pontes e Chico Buarque. Serão duas apresentações, às 18h e 21 horas, no Teatro do Colégio Marista. Os ingressos estão à venda no Shopping Royal Plaza.  

A estréia de Gota D Água nos palcos londrinenses marca o lançamento na cidade do programa Sesi Cultural, formado por uma série de projetos e ações voltados para as indústrias, para os trabalhadores e para a comunidade em geral. O lançamento do programa ocorre dentro da programação do Festival de Música de Londrina.

O Sesi Cultural começou em março, em Curitiba, e já foi lançado em Toledo, Cascavel e Pato Branco. O importante papel da peça Gota D?Água na história da dramaturgia brasileira fez com que o Sesi Paraná a escolhesse para o lançamento do seu programa cultural na capital e no interior.

Medéia brasileira – Esta montagem de Gota D Água, com texto de Paulo Pontes e música de Chico Buarque, tem direção de Antonio De Bonis, professor da disciplina Prática de Montagem do Curso Regular do Centro de Artes Laranjeiras (CAL), no Rio de Janeiro.

Sob a direção de Bonis, que vem se dedicando à pesquisa de linguagem do musical brasileiro, os alunos debruçaram-se sobre questões como a atualidade da tragédia enquanto gênero, a integração do texto, da música e da movimentação corporal neste musical. Gota D Água teve como inspiração a Medéia de Eurípedes. No texto brasileiro, Medéia é Joana, mulher madura, sofrida, moradora de um conjunto habitacional.
Jasão, ainda jovem e vigoroso, é sambista que desponta para o sucesso com a música Gota D Água. Creonte é o todo poderoso local, dono das casas, muito rico, o poder corrupto por excelência. A filha de Creonte é Alma, mocinha de veleidades pequeno-burguesas.

Com estas personagens, Paulo Pontes e Chico Buarque traçaram o quadro de uma realidade bem brasileira, mas, por extensão, realidade também de todos os que sofrem as contradições e as injustiças de uma sociedade sorridente, mas implacável com seus humilhados e ofendidos.        

Retomada na cultura – O Programa Sesi Cultural marca a retomada da presença do Sesi Paraná na área da cultura paranaense, com projetos e ações voltados para as indústrias, para os trabalhadores e para a comunidade em geral. Um destes projetos é o “Quinta do Sesi”, que já está sendo desenvolvido em Curitiba. Toda semana, sempre às quintas-feiras, no cine-teatro da unidade do Sesi do Portão abre suas portas para atrações musicais. 

Outra ação é a assessoria prestada às indústrias que queiram desenvolver projetos na área cultural, com informações e orientações, inclusive, sobre uso de leis de incentivo à cultura.

O “Prata do Sesi” identifica e apóia talentos das indústrias, em todos os segmentos da arte. O programa envolve, ainda, o “Empreendedorismo Cultural”, com oficinas para ensino e desenvolvimento de talentos em música, teatro, artes plásticas, literatura e outros segmentos.

Através do programa cultural, o Sesi Paraná participa também do projeto Paiol Literário, iniciado em junho e que traz a Curitiba, todo mês, um grande escritor brasileiro. Os primeiros foram Ignácio Loyola Brandão e Affonso Romano de Sant’Anna. Ainda na área de literatura, o Sesi Paraná está presente no projeto “Expedições pelo Mundo da Cultura”, pelo qual são promovidos encontros quinzenais em torno de grandes obras, com leitura orientada e interpretação. A orientação é do pesquisador, escritor e palestrante, José Monir Nasser.

About Author