Sesi Paraná entrega Prêmio “Construindo a Nação”

Na solenidade que acontece na sexta-feira (13), serão premiadas as escolas que desenvolveram os melhores projetos relacionados à cidadania


O Serviço Social da Indústria (Sesi) Paraná realiza nesta sexta-feira (13), a solenidade de entrega do Prêmio Construindo a Nação para as escolas que desenvolveram os melhores projetos relacionados ao tema cidadania. A premiação será no salão de eventos da associação dos funcionários do Sistema Fiep (Estrada Velha da Graciosa, 555 – Quatro Barras), a partir das 19 horas. A edição 2008/2009 recebeu a inscrição de 67 escolas paranaenses. Receberão troféus os alunos e professores envolvidos nos projetos vencedores.

O Sesi Paraná é um dos realizadores do prêmio, que foi criado pelo Instituto Cidadania Brasil. A iniciativa tem a parceria também do Sesi Nacional e da Confederação Nacional da Indústria e o apoio do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Paraná e da Faculdade Internacional de Curitiba (Facinter).

O prêmio estimula as escolas, públicas e particulares, a tratarem temas de cidadania através de projetos que envolvam diretamente os alunos. O projeto pode abordar tanto situação interna do colégio, como situações relacionadas com a comunidade local ou a sociedade brasileira, num sentido mais amplo.
Na categoria Ensino Fundamental o primeiro lugar ficou com a escola municipal Nossa Senhora de Fátima, de Fazenda Rio Grande, com o projeto “Água: Fonte de Vida”, que trabalhou a conscientização e o uso correto da água, envolvendo a comunidade escolar na importância da preservação do Rio Iguaçu.

O segundo lugar foi para o trabalho “Rádio na Escola”, da escola municipal Alberto Schweitzer, de Curitiba. O projeto surgiu da necessidade de trazer e propor aos jovens alternativas para estimular adolescentes, trazendo vivências deles para a sala de aula. Foi desenvolvido em parceria com o programa Sesi/Senai Escola Indústria Itinerante, que trabalha com orientação profissional, valores e conceitos de bem estar e empreendedorismo.

Já o terceiro lugar ficou com a escola São Gabriel, também de Fazenda Rio Grande. Alunos trabalharam questões relacionadas ao meio ambiente, saúde, educação e lazer através da escrita e leitura de cartas.

Um caso interessante foi o envolvimento das escolas de Fazenda Rio Grande no projeto. Onze escolas desenvolveram projetos relacionados à cidadania e se inscreveram no prêmio.  “Desde 2004, nossa proposta pedagógica enfatiza a formação humana. Procuramos elencar conteúdos de cidadania e responsabilidade social aos conteúdos vistos em sala de aula”, afirma Sueli de Oliveira Souza, pedagoga da Secretaria de Educação. “É uma satisfação participar do Prêmio e perceber que nosso desafio de unir professores, equipe pedagógica, alunos e familiares tem dado resultado”, acrescenta.

Ensino Médio – Os adolescentes do Ensino Médio do Colégio Pontagrossense – Sociedade Educacional Altair Mongruel (Sepam) foram os vencedores com o projeto “Grupo da Cidadania”, que, desde 1998, desenvolve campanhas de arrecadação de roupas, alimentos, promovem atividades de recreação e visitas a idosos e crianças.

Já os alunos do Colégio Sesi CIC conheceram a realidade da responsabilidade social em vários níveis, com objetivo de intervir diretamente. Foram realizada visitas a comunidades, empresas e ONGs, como a Associação dos Catadores de Papel.

Na categoria EJA recebem Menção Honrosa os Centros Estaduais de Educação Básica de Jovens e Adultos (Ceebeja) Sesi CIC e o de Pinhão. Na CIC, o projeto visou ampliar o repertório artístico e cultural dos alunos e seus familiares. Já em Pinhão, os alunos trabalharam a inclusão social de pessoas com deficiência visual.

About Author