Ateliê Sesi/Senai busca soluções inovadoras para a segurança no trabalho

Curso com metodologia francesa começou nesta terça-feira (28), em São José dos Pinhais, e tem foco no setor de madeira e mobiliário

clique para ampliar O francês Pierre-Henri Dejean é um dos especialistas que vai conduzir os trabalhos com os profissionais do setor de Madeira e Mobiliário (Foto: Rogério Theodorovy)

Proteger o trabalhador, que é a força central que move o setor produtivo, é o objetivo do 1.º Ateliê Sesi/Senai de Prevenção de Acidentes e Doenças no Trabalho, com foco no setor de Madeira e Mobiliário. O encontro, iniciado nesta terça-feira (28), aplica uma metodologia até então inédita no Brasil, pela qual os participantes são instigados a sugerirem soluções que ampliem a segurança nas empresas. Após as proposições, eles irão concretizar as ideias através de maquetes elaboradas em madeira.

O ateliê acontece no Senai Cetman, em São José dos Pinhais, e reúne empresários, representantes de sindicatos empresariais e de trabalhadores, do poder público e profissionais do setor da madeira e do mobiliário. São eles que vão propor as soluções para reduzir riscos no ambiente de trabalho.

A metodologia inovadora é francesa e chega ao Brasil através do intercâmbio do Programa Sesi/Senai de Redução de Acidentes de Trabalho (PRAT) com a Universidade Tecnológica de Compiègne e Ministério do Emprego, do Trabalho e da Coesão Social da França. Os trabalhos estão sendo conduzidos pelos especialistas franceses Pierre-Henri Dejean, Jessy Pretto e Christian Boully, além de profissionais do PRAT.

O diretor do Senai Paraná, João Barreto Lopes, que participou da abertura do curso, destacou que o programa vem para atender às necessidades das indústrias representadas pelo Sistema Fiep. “Um curso estratégico e necessário que vai trazer melhorias para muitos processos utilizados nas empresas atualmente”, considerou Barreto.

“Vamos trabalhar um contexto de prevenção específico para o setor da madeira e do mobiliário. Nosso objetivo é a proteção da saúde dos trabalhadores, que representam a força central da produção”, explicou a representante do Ministério francês, Jessy Pretto.

De acordo com Pierre-Henri Dejean, o principal diferencial da metodologia é a abordagem. “É uma forma mais natural de se tratar a situação da saúde e segurança no ambiente de trabalho, não tendo apenas o lado das leis e regras como orientador, mas principalmente as ideias e a concretização”, disse o especialista.

Ao final do ateliê, no dia 6 de maio, às 16 horas, os participantes receberão certificado e assistirão a uma palestra, que também é aberta ao público, ministrada pelos especialistas franceses.

SERVIÇO
1.º Ateliê Sesi/Senai de Prevenção de Acidentes e Doenças no Trabalho
Data: 28 de abril a 06 de maio
Local: Senai Cetman
Endereço: Rua Dr. Murici, 203 – São José dos Pinhais (PR)

 

  

 

About Author