Sesi/Senai e Editora Kaygangue lançam Sistema de Comunicação para pessoas com deficiência

Projeto que foi viabilizado pelo Edital Senai/Sesi de Inovação 2009, terá lançamento quarta-feira (30), no Cietep, em Curitiba

Juliane Carneiro: pessoas com deficiências de fala não conseguem fazer Libras, então pensamos em um sistema de comunicação baseado em imagens

O Sesi e o Senai Paraná, entidades pertencentes ao Sistema Federação das Indústria do Paraná, e a Editora Kaygangue, de Curitiba, lançam nesta quarta-feira (30) o projeto Commnunis, um sistema  inovador de comunicação alternativa para inclusão social e no trabalho da pessoa com deficiência (PcD). Viabilizado pelo Edital Senai/Sesi de Inovação 2009, o Communis visa facilitar a comunicação dessas pessoas e ajudá-las a se relacionarem melhor no ambiente de trabalho. “A comunicação no ambiente de trabalho é um desafio para as pessoas com deficiência auditiva”, diz Vera Lucia Moraes, da área de educação continuada do Sesi CIC, que coordenou o projeto Communis.

Um dos diferenciais do Communis é a utilização de cartões impressos com figuras gráficas adaptadas aos padrões culturais brasileiros, com um design de fácil identificação visual. A intenção é facilitar e agilizar a interação entre a pessoa com deficiência e seus interlocutores. Como o sistema é de fácil portabilidade, já que a pessoa pode carregar seu kit para qualquer lugar que necessitar, poderá ser utilizado no local de trabalho, escolas especiais, clínicas e hospitais.

A ideia surgiu a partir de uma necessidade identificada pela mulher de um professor do curso aprendizagem em Editoração Gráfica do Senai, que trabalhava na instituição assistencial Pequeno Cotolengo, em Curitiba. “Pessoas com deficiências de fala não conseguem fazer Libras, então pensamos em um sistema de comunicação baseado em imagens que representassem ações, sentimentos, objetos, expressões etc”, diz Juliane Gonçalves Carneiro, ex-aluna do curso de aprendizagem em Editoração Gráfica e uma das responsáveis pelo projeto.

“Além da inclusão social, a tecnologia social em desenvolvimento poderá auxiliar empresas no cumprimento de normas e regulamentos estipulados por lei, além de promover a responsabilidade social por intermédio do exercício da cidadania com a inclusão e desenvolvimento de competências”, destaca Vera.

Inovação – Iniciativa do Senai e do Sesi Nacional, o Edital Inovação visa apoiar e incentivar projetos inovadores propostos pelas indústrias e desenvolvidos em parceria com as unidades das entidades. No caso do projeto Communis, a unidade envolvida é a do Sesi/Senai da Cidade Industrial de Curitiba.

O desenvolvimento do projeto Communis teve a parceria do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O Senai Paraná foi o responsável pelo conhecimento técnico na área de engenharia, gestão e design gráfico. O Sesi Paraná entrou com a expertise na área de responsabilidade social e ações de inclusão da pessoa com deficiência, já levadas às indústrias por uma equipe multidisciplinar de  técnicos e especialistas nas áreas de psicologia e pedagogia.

As empresas interessadas em conhecer o produto devem entrar em contato com o Senai CIC através do telefone (41) 3271-7273.

Lançamento – O lançamento do projeto Communis será às 19 horas, no auditório da Unindus, no Cietep (Comendador Franco, 1341, Jardim Botânico).

Na ocasião, será realizada a palestra “Tecnologia Assistiva: fator decisivo na inclusão de pessoas com deficiência”, com o consultor de inclusão laboral e escolar de pessoas com deficiência e presidente do Centro de Vida Independente, Araci Nallin, Romeu Sassaki. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail silvia.marcon@pr.senai.br ou pelo telefone (41) 3271-7139.

About Author