Conselho Superior do CPCE apresenta resultados de 2016

Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) esteve presente no encontro

Na manhã da última quinta-feira (1º), o Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial (CPCE) – Conselho Temático da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), reuniu mais de 100 empresários e lideranças sociais para apresentar os resultados e ações de 2016 na XX Reunião do Conselho Superior de Cidadania Empresarial.

O diretor geral, Rui Brandt, liderou o evento e lembrou que cidadania não é simplesmente cumprir obrigações, mas sim, procurar dar um sentido muito mais amplo para estar inserido na sociedade. “Precisamos fazer com que aquilo que as pessoas emanam seja estabelecidos inclusive no ambiente empresarial”, reforçou.

Rosane Fontoura, coordenadora executiva do CPCE, apresentou dados de 2016 que envolvem as 350 empresas do Conselho no estado do Paraná. Ao todo foram realizados 51 eventos que atingiram 1800 pessoas. Destaque para a nona edição do Reatiba – encontro sobre inclusão de pessoas com deficiência.

Como convidada especial, Tatiana Araujo, assessora de Projetos institucionais do Conselho Empresarial Brasileiro Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) destacou a importância da COP22 e da retificação do Acordo de Paris sobre o Clima pelo Brasil. Reforçou que as metas brasileiras são ousadas, pois prevê a redução da emissão de gases em até 43% até 2030.

Ainda na ocasião, os diretores do CPCE apresentaram os resultados de suas regionais.  Kimiko Yoshi, de Londrina, destacou a sustentabilidade econômica, financeira e social – e não mais somente a ambiental – como sendo a missão de todos. Indianara Milléo, dos Campos Gerais, ressaltou que os pequenos empresários também podem ser responsáveis pela mudança. Reforçou sobre realização do evento do Pacto Global com a ACIPG e o incentivo que todos a assinem.

Já Gilberto Bordin, de Cascavel, salientou a respeito da parceira que firmaram com a Associação Comercial e Industrial de Cascavel- ACIC e outros conselheiros no trabalho do tema de Empoderamento da Mulher, Logística Reversa e Pedalada Sustentável. Valorizou os quarenta e três participantes do Conselho em Cascavel. Sérgio Luiz Baccarin, de Maringá, foi categórico quando disse que veremos o declínio das empresas que não conseguirem ter a coragem moral necessária para uma liderança baseada em princípios.

About Author