Educação para a indústria 4.0

Sistema Fiep, por meio do Senai, Sesi e IEL, forma e qualifica profissionais preparados para responder às demandas do mundo do trabalho

Informação em tempo real, algoritmos, aplicativos que mudam a forma de consumo e relacionamento de toda a sociedade estão diretamente ligados à 4ª revolução industrial. As tecnologias disruptivas já estão dentro das fábricas, fazendo das indústrias mais inteligentes. Sensores supervisionam o processo produtivo; inteligência artificial faz o controle de qualidade com o mínimo de erro; e os dados gerados são capazes de ajudar os gestores nas tomadas de decisões de forma rápida e assertiva.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL), em uma década, a indústria 4.0 deve atingir 21,8% das empresas brasileiras. Com isso, surge a demanda por profissionais capazes de ler e interpretar as novas informações geradas.

Profissionais preparados

Tamanha mudança no processo produtivo e, consequentemente, no mercado de trabalho, dão à Educação protagonismo nesta transição. Os profissionais dessa nova realidade terão interação com a tecnologia em diferentes níveis e precisarão desenvolver maior capacidade de análise, criatividade e soluções de problemas. Tendo em vista esta necessidade do setor industrial, o Sistema Fiep, por meio do Senai, Sesi e IEL, forma e qualifica profissionais preparados para responder às demandas do mundo do trabalho.

No Colégio Sesi, que vai da Educação Infantil ao Ensino Médio Regular e Internacional, os alunos desenvolvem autonomia, criatividade e senso crítico. Por meio das aulas de robótica, aprendem a aplicar a tecnologia às tarefas do dia a dia.

No Senai, há cursos em mais de 30 áreas, que vão dos rápidos aos cursos técnicos presenciais e semipresenciais e às especializações. A instituição é conhecida por promover o aprendizado na prática, em laboratórios que simulam as indústrias, com matrículas abertas o ano todo. O destaque é o Tech IT, um curso técnico de Desenvolvimento de Sistemas bilíngue voltado à indústria 4.0.

Já nas Faculdades da Indústria o foco é a inovação, com os alunos tendo acesso à estrutura dos Institutos Senai de Tecnologia e Inovação. Os cursos de graduação ofertados nas áreas de tecnologia e gestão unem teoria e prática e formam profissionais prontos para se destacar nas profissões do futuro. Já as opções de pós-graduação têm metodologias focadas em soluções e há ainda a opção da Pós Unique, com currículo 100% flexível.

Trilha da Inovação

Em todas as etapas do ensino, os alunos são instigados a pesquisar e a propor soluções para a indústria. As ideias muitas vezes recebem mentorias e são aceleradas, podendo ser colocadas no mercado por meio do programa Trilha da Inovação.

Ao escolher as soluções em Educação do Sistema Fiep, os alunos têm a vantagem do reconhecimento do setor industrial. De acordo com uma pesquisa da FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), os egressos do Sistema Fiep têm mais empregabilidade; mais chances de ascender na carreira; estão satisfeitos com o setor industrial e ainda têm expectativas alinhadas com as do mercado de trabalho.

Ainda segundo a pesquisa, ex-alunos do Sistema Fiep têm 50% mais chance de trabalho com carteira assinada e 34% a mais de chances de serem promovidos – para quem tem ensino superior, o índice é mais alto: 43%. Além disso, 62% consegue um emprego em até 6 meses e 56% são muito satisfeitos com sua situação profissional.

SAIBA MAIS
Conheça as soluções em Educação do Sistema Fiep: sistemafiep.com.br/educacao

About Author