Projeto multidisciplinar do Colégio Sesi da Indústria de Pato Branco promove ensino sobre o uso de plantas medicinais

Ação extracurricular oferece conhecimento em diversas áreas e oportuniza aprendizado sobre todo o processo, do cultivo ao uso

O Colégio Sesi da Indústria de Pato Branco, no Sudoeste do estado, iniciou um projeto que promove a multidisciplinaridade e estimula os alunos a aprenderem mais sobre o uso de plantas medicinais – desde o cultivo até as possibilidades de uso. A ação extracurricular acontece em parceria entre o Sistema Fiep e a Prefeitura de Pato Branco. Entre os objetivos da ação, que recebeu o nome de FitoConsCiência, está a aproximação dos alunos com a natureza, a redução do uso de agrotóxicos, a aproximação do cientificismo com o conhecimento empírico e as possibilidades para a utilização de produtos naturais. Tendo a oportunidade de conhecer e inovar dentro de um ambiente de sustentabilidade, os estudantes podem terminar o ensino médio mais preparados para o mundo do trabalho.

“Com a metodologia diferenciada do Colégio Sesi da Indústria, aproximamos a sala de aula da realidade do mercado de trabalho e preparamos nossos estudantes para serem profissionais inovadores, alinhados às demandas atuais”, afirma Fabiane Franciscone, gerente executiva de Educação do Sistema Fiep. O projeto executado em Pato Branco está dentro da proposta de Abordagem STEAM – sigla para Ciência, Tecnologia, Engenharia, Arte e Matemática. O foco está em reunir conceitos de diferentes áreas do conhecimento para que os alunos possam lidar com as oportunidades do processo de ponta a ponta.

“É um projeto ousado. São diversas áreas do conhecimento envolvidas ao longo processo. Enquanto no início temos o ensino de técnicas adequadas para o plantio, o final da jornada envolve o conhecimento para a utilização das plantas, seja na medicina tradicional ou alternativa”, explica a diretora do Colégio Sesi de Pato Branco, Jakeline Campos. “Os alunos vão desenvolver habilidades de diversas áreas, como a pesquisa científica, educação ambiental, botânica, extração de óleos naturais e farmacologia”, destaca. O projeto na unidade é conduzido pelos professores Marcos Bertani Gazola, de Química, e Talita Kroetz, de Biologia.

Inicialmente, participa do FitoConsCiência 23 alunos do Colégio Sesi da Indústria. São três principais etapas envolvidas no projeto. Na primeira, os alunos são envolvidos com o manejo das plantas na horta do pátio da escola. A segunda etapa é o aprofundamento dos estudos em laboratório, momento em que serão trabalhadas a extração de óleos, produção de cosméticos, saneantes, fitoterápicos e chás. Já a terceira etapa, que acontecerá futuramente, consiste em levar o projeto também para escolas públicas de Pato Branco. Os próprios estudantes são protagonistas neste processo. Um piloto já está alinhado para implementação em uma escola do município.

About Author