Saúde e Segurança do colaborador da indústria é foco de chamada do Senai para empresas e startups

Chamada Startup.tech disponibilizará até 150 mil por projeto de inovação entre indústria e startups com foco em Saúde e Segurança

Melhorar e promover a saúde e segurança dos trabalhadores, reduzir o número de acidentes de trabalho, aumentar a longevidade dos colaboradores e atuar no controle de doenças, são desafios de indústrias de todo o país que estão diretamente relacionados com o aumento da competitividade e produtividade, além da qualidade de vida do trabalhador. Com o objetivo de aprimorar esses índices, o Senai lança a Chamada Startup.tech Saúde e Segurança com recursos para projetos de inovação nessa temática. A Chamada, promovida pela Plataforma de Inovação, conectará indústrias com demandas inovadoras e tecnológicas relacionadas ao tema com startups ou empresas de base tecnológica que possuam soluções e know how para a execução dos projetos, com apoio dos Institutos Senai de Tecnologia e Inovação.

“Os países que estão mais avançados no setor da saúde do ponto de vista tecnológico têm diferencial competitivo e conseguem responder de maneira mais rápida a eventos como o da Covid-19, por exemplo. A Chamada Startup.tech Saúde e Segurança traz para nós um movimento de inovação neste setor, que é super relevante para o Paraná”, esclarece Fabrício Lopes, gerente executivo de Tecnologia e Inovação do Sistema Fiep. O Senai disponibilizará recursos para projetos tecnológicos entre indústrias e startups com foco na saúde do trabalhador da indústria.

O Sesi no Paraná também será parceiro nessa iniciativa. Para Rosangela Fricke, gerente executiva de Segurança e Saúde para Indústria do Sistema Fiep, atuar na prevenção de risco e na prevenção de doenças e promoção de saúde é fundamental. “A cultura da prevenção em segurança e saúde do trabalho é um investimento certeiro, pois conduz à redução dos riscos e promove o bem-estar mental, físico e social dentro e fora das empresas. Aliar estes conceitos à tecnologia e inovação é um caminho que traz a sustentabilidade para os negócios”, afirma.

Na primeira etapa, as indústrias deverão inscrever seus desafios e demandas tecnológicas no contexto de Saúde e Segurança no trabalho e startups ou empresas de base tecnológica realizam suas inscrições para proposição de soluções inovadoras e tecnológicas e  execução dos desafios em conjunto com os Institutos Senai de Tecnologia e Inovação no Paraná. Já na segunda etapa, com as demandas e ofertas selecionadas e classificadas, serão realizadas rodadas de conexão com o objetivo principal das startups/empresas ofertantes apresentarem suas ideias de soluções para as indústrias demandantes. Os projetos mais alinhados com os critérios da chamada serão selecionados para o desenvolvimento de Provas de Conceito (PoCs) em parceira com apoio de até 150 mil reais.

 “As instituições selecionadas nesta Chamada contarão com o apoio da rede de Institutos de Inovação e Tecnologia do Senai e Habitats de inovação, propiciando espaço, apoio, orientação e processo guiado, potencializando conexões de valor, oportunizando projetos e alavancando a competitividade da indústria e dos ecossistemas de inovação”, conta Fabrício Lopes.

 As empresas interessadas podem se inscrever até dia 16 de setembro pelo site https://www.senaipr.org.br/startuptech .

About Author