Senai Paraná e MadeiraMadeira inauguram 1º Centro Tecnológico de desenvolvimento de móveis do país

Espaço será palco para inovação nos materiais, processos e pesquisas de novos produtos

Na última quarta-feira (26) foi inaugurado o 1º Centro Tecnológico de desenvolvimento de móveis do país envolvendo indústria, varejo e consumidor final. O espaço, idealizado em parceria do Sistema Fiep, Senai Paraná e MadeiraMadeira, será um estúdio de cocriação e conta com laboratório para testes, área de prototipagem, estúdio de fotografia e vídeo e showroom. A proposta do ambiente – instalado na unidade da Costeira do Senai, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba – é promover a inovação e tecnologia tanto nos materiais, incluindo opções mais sustentáveis, reduzindo o tempo de montagem, uso de ferramentas e desperdício de embalagens, como nos processos, pesquisas, prototipagem, testes e novos produtos.

O movimento faz parte de uma guinada nos negócios da MadeiraMadeira, que, além de vender pelo site e pelo aplicativo, intensifica a atuação da empresa no ciclo completo da experiência do cliente, desde a produção de móveis com qualidade e durabilidade superiores até entrega mais rápida para todo o país. O lançamento vem somado à criação de mais de 110 lojas físicas em todo o país focadas em sua marca própria, a CabeCasa e os investimentos para as duas iniciativas já passam de R$ 100 milhões. De acordo com a companhia, um móvel pode demorar até seis meses para ser criado desde o briefing até a comercialização. Com o centro, a proposta é reduzir o tempo para um mês, além de lançar 200 novos produtos mensalmente ao longo de 2022.

“O Centro de Tecnologia é uma vitória. Unir a força da MadeiraMadeira, unicórnio curitibano que vem crescendo de forma exponencial, para desenvolver produtos, e o Senai Paraná, para garantir itens de qualidade e alta tecnologia será extremamente relevante para o estado. Quanto mais a MadeiraMadeira cresce, mais a indústria moveleira irá crescer. O Senai tem um papel de grande articulador entre o segmento industrial e empresas de serviços, além de grande balizador de qualidade”, explica Fabrício Luz Lopes, gerente executivo de Tecnologia e Inovação do Sistema Fiep. “O espaço será uma extensão do nosso laboratório, o Instituto de Madeira e Mobiliário, na Região Metropolitana de Curitiba. Nosso instituto cresce com esse movimento, ganha uma nova planta, passa atender a MadeiraMadeira e indústrias locais”, completa.

De acordo com Santiago Antoranz Pons, Vice Presidente de Desenvolvimento de Produtos da MadeiraMadeira e idealizador do espaço, a iniciativa tem como objetivo trazer mais qualidade e segurança para o consumidor brasileiro. “Existe uma distância gigante entre o consumidor final e a indústria de móveis, assim como o varejo, que tem pouco conhecimento dos detalhes técnicos e de como traduzir dores do consumidor. Não adianta continuar no modelo tradicional de colocar o produto no mercado sem um retorno claro do sucesso pós-venda. Estamos propondo uma revolução em que reunimos todos os envolvidos no mesmo local e colocamos o cliente no centro do processo, desde o desenvolvimento do móvel até o seu teste e feedback”, explica Santiago.

O presidente do Sistema Fiep, Carlos Valter Martins Pedro, destaca que a parceria vai beneficiar toda a cadeia produtiva de móveis do Paraná, uma das mais relevantes da indústria do estado. “O Sistema Fiep investe constantemente em estruturas e serviços que agreguem valor à indústria. Nesta parceria, aliamos o conhecimento técnico e a capacidade tecnológica do Senai com a visão inovadora da MadeiraMadeira, o que certamente resultará em novas oportunidades de negócios não apenas para a empresa, mas para o setor moveleiro paranaense como um todo.”, afirma.

“A expansão da nossa marca própria com a chegada offline a 12 estados vai ao encontro da estratégia para criação do Centro Tecnológico. Será possível levar ainda mais qualidade, segurança, garantia, além de design diferenciado a um preço acessível para o consumidor. Com lojas próprias e um CT altamente estratégico, seremos capazes de trazer ao mercado um padrão elevado de qualidade de móveis que ainda não existe no Brasil”, explica Daniel Scandian, CEO e cofundador da MadeiraMadeira.

Confira o vídeo sobre a inauguração do Centro de Tecnologia:

About Author