Grupo Boticário e Senai desenvolvem ferramenta que antecipa tendências no setor de beleza

Antecipar cores futuras e recomendar o portfólio ideal de batons e bases a partir de, por exemplo, coleta de dados públicos e pesquisa em redes sociais. Esses são alguns dos objetivos do Boti Colorista, ferramenta desenvolvida pelas áreas de Pesquisa e Desenvolvimento e de Ciência de Dados do Grupo Boticário, em parceria com o HUB de Inteligência Artificial do Senai Paraná.  A tecnologia oferecerá mais agilidade na tomada de decisão, na criação de novos produtos, possibilitando mais assertividade no entendimento de toda diversidade de tons de pele, além do tempo de resposta às necessidades do consumidor.

O projeto faz parte de um conjunto de ações realizados pelo Grupo para o alcance das metas #12 e #14 dos Compromissos para o Futuro, assumidos no ano passado e que integram a agenda ESG da companhia, que visam desenvolver 100% dos produtos com a participação de grupos minorizados e oferecer portfólio de produtos inclusivos e diversos, considerando diferentes estilos de vida.

“Essa será uma importante aliada para alavancar a diversidade e inclusão nos produtos das marcas que fazem parte da companhia. Acreditamos que nossa solução nos auxiliará no entendimento ainda mais assertivo de toda a diversidade de tons de pele, agradabilidade e necessidades dos consumidores brasileiros”, celebra Milene Haraguchi Padilha, pesquisadora e líder do projeto no Grupo Boticário.

A ferramenta, por meio de inteligência artificial (IA), utilizará dados de histórico de compras, avaliação dos consumidores, características dos produtos, correlacionando com tendências mapeadas no mercado. Além disso, terá a funcionalidade de busca e prospecção de dados externos (websites, rede social, influenciadores e outros perfis) para construção de escritórios de tendências em cores de batons, bases líquidas e tons de pele.

Prever novas cores para o portfólio do Grupo Boticário, mapear texturas inexistentes e fornecer informações que auxiliem na redução do tempo de análise do mercado e giro de produtos internos também fazem parte das possibilidades de resultados que a inovação oferecerá.

Tecnologia 100% nacional e exclusiva do Grupo, a inovação contribuirá na decisão de lançamentos de produtos. “O grande diferencial da nossa tecnologia é que facilitará não somente no mapeamento de oportunidades de tendências em cores, mas também na gestão assertiva do portfólio, planejamento de lançamentos futuros e recomendação de produtos”, explica Padilha.

Para o Senai Paraná, faz parte do Hub de IA contribuir para que as empresas tenham ainda mais agilidade e eficiência. “É muito gratificante ver que um projeto que está sendo desenvolvido há tanto tempo está ganhando ‘corpo’, que vai contribuir para o aumento de qualidade, agilidade e ampliar mais a competitividade do Grupo no mercado”, ressalta Henry Carlo Cabral, gerente de Tecnologia e Inovação do Senai Paraná – Regional Norte.

About Author